saudade viagens

Encontros e Despedidas

quinta-feira, janeiro 06, 2011Ana Rosa

Sentir saudades virou algo corriqueiro em minha vida. Estando aqui, estando lá, sempre vou sentir falta de alguém muito importante.
O tempo ajuda a lidar melhor, a administrar os momentos de profunda tristeza e solidão, mas apagar nunca, o tempo nunca apaga aquela saudade do peito.

Quando vai chegando a época de rever quem tanto amamos uma euforia gostosa começa a tomar conta de tudo, a ansiedade bate e os minutos são contados em uma alegre espera.

Sobre despedidas, não gosto mesmo!
Parece que uma parte da gente fica, e a outra se torna infeliz por um bom tempo.
Dizer adeus ainda é algo muito doloroso pra mim, há 3 anos nessa vida e ainda não me acostumei. Nem pretendo.

Encontros e despedidas é uma música linda, de Milton Nascimento e que me emociona sempre.
Há alguns anos Maria Rita a regravou de forma divina, e é nesta versão que eu me inspirei para escrever este post.

Beijocas e um 2011 cheio de paz, saúde e encontros para todas nós.
Aninha
Blog: O Viajante de Fraldinhas
Twitter: @oviajantejorge

VEJA MAIS POSTAGENS

6 comentários

  1. Aninha, delícia acordar e ouvir essa música...
    O pior é se despedir de alguém pela última vez, sabendo que ele não voltará mais...
    Beijos e espero ansiosa para o nosso encontro!

    ResponderExcluir
  2. Ain, acho que não conheço essa música por nome. Mas vou já baixa-la pra ouvir...
    Beijão, Aninha!

    P.S: Uma das promessas para 2011 é participar mais do nosso cantinho. :]

    ResponderExcluir
  3. Oi Aninha!
    Querida, que delícia são os encontros...chegar e rever os que amamos e realmente são tristes as despedidas, o partir.
    Mas quando a partida é pra continuar a vida não é de todo ruim, pois vamos pra construir, pra realizar os sonhos...triste mesmo é a partida sem volta.
    Ameiiii teu post.
    Beijos carinhosos.

    ResponderExcluir
  4. Eu também tenho tantas saudades de tantas pessoas que ficaram para trás nas minhas mudanças...
    Queria tanto reunir todas as pessoas que amo.
    Mas, não dá né... a gente tem que conviver com isso.
    BJos

    ResponderExcluir
  5. Ai amiga, para despedidas eu sou uma manteiga derretida, não tem como mesmo se acostumar... eu fico treinando para não chorar mas na hora, não tem jeito. E a saudade, como dói...
    Sinto saudades de tantas pessoas...
    Lindo e emocionante o seu post.
    Nem vou postar hoje.
    Um beijo, Aninha!

    ResponderExcluir
  6. Ficar sozinho não rola! Comece 2011 conhecendo o seu amor! Certamente isso irá acontecer quando você se cadastrar no Olá! É grátis!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!