Histórias Para pensar

Era uma vez...

segunda-feira, fevereiro 21, 2011Cida Kuntze

Fonte da imgagem: Google
.
Lembro-me perfeitamente das histórias que a minha mãe contava quando eu era pequena. Não eram as histórias conhecidas, ela inventava e eu sempre queria ouvir a história da raposinha. Cada novo episódio eu me deliciava, pois a raposinha era hábil e muito corajosa, conseguia sempre escapar dos caçadores ou dos animais maiores.

Mas sabem de uma coisa, depois que cresci um pouco mais, eram as histórias da minha avó que me fascinavam. Eram histórias reais, vividas por ela e por sua família. Na minha adolescência eu ainda as ouvia repetidamente, pois achava tudo muito interessante e nunca me cansava de perguntar os detalhes de cada acontecimento.

Aqui em casa nossa filha gosta muito de ouvir histórias e nós sempre, desde que era bebê, contamos histórias pra ela. Ela gosta muito das histórias da Bíblia, dos contos e fábulas infantis, também de uma história inventada pelo meu esposo sobre um sapinho. Ele sempre inventa novos episódios pra esse personagem e ela ama ouvir.
Mas ultimamente são as histórias reais, da nossa vida, que ela tem pedido pra nós contarmos. Não se cansa de pedir pra eu contar sobre o dia que ela nasceu, de como o papai e a mamãe se conheceram, como era quando éramos crianças...enfim...temos visto como as histórias das nossas vidas a encantam também.

Quando falamos sobre Deus pra nossa filha, sempre contamos uma história que mostra o amor dEle e de como Ele foi bom pra nós, pois nos deu ela de presente.

O povo de Israel foi ensinado de geração em geração através das histórias reais vividas pelos seus pais, avós, bisavós... de tudo que o Senhor fazia no meio deles.

Antes dos muros da cidade de Jericó caírem,  Josué e o povo de Israel passaram pelo rio Jordão, cujas águas também se separaram e eles passaram no seco, pelo meio. Ele ordenou que 12 homens, cada um escolhido de uma tribo de Israrel, pegasse uma grande pedra do meio do rio e depois que passaram fossem depositadas num local determinado para servir de memorial. "Para que isto seja por sinal entre vós; e quando vossos filhos no futuro perguntarem, dizendo: Que vos significam estas pedras? Então lhes direis que as águas do Jordão se separaram diante da arca do concerto do Senhor; passando ela pelo Jordão, separaram-se as águas do Jordão: assim que estas pedras serão para sempre por memorial aos filhos de Israel." Josué 4:6 e 7.

A contação de histórias é ótima porque desenvolve na criança a imaginação, o gosto pela leitura, aguça a curiosidade, o desejo de saber mais a respeito das coisas, enfim... é uma ferramenta que se bem trabalhada nos ajuda a explicar de maneira gostosa e dinâmica muitas coisas pros nossos filhos.

Jesus ensinava ao povo através de parábolas, histórias que os faziam refletir. Parábolas como o do Filho Pródigo, do Bom Samaritano, do Semeador, são muito conhecidas. Mas tem muito mais além dessas nos evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas ou João. Quem ainda não as leu e desejar conhecê-las, tenho certeza que irá gostar.

Se você ainda não adquiriu esse hábito com o seu filho, de contar histórias pra ele(a), então tente, pois é um ótima experiência.

E quem já o faz parabéns, poderia dividir conosco as suas experiências, pois teremos muito prazer em saber.

Abraços a todos e uma semana de muita paz.

Cida do *Compartilhando...

VEJA MAIS POSTAGENS

11 comentários

  1. Cida
    Minha mãe sempre nos incentiou a ler. Comprava livrinhos infantis, revistas em quadrinho... cresci e gosto muito de ler... agora tento transmitir essa oaixão ao meu filho. Ele ainda não tem muita paciência para ficar ouvindo uma historinha, mas adora livros e revistas. Está sempre folheando páginas, vendo as fotos. Adora ! Já é um bom começo, né ? Vou estimulá-lo cada vez mais para que ele crecça e goste de ler tanto ou mais que eu ! Beijinhos e boa semana

    ResponderExcluir
  2. Contar histórias é magico né?
    E eles sempre terão uma recordação linda...
    BJos

    ResponderExcluir
  3. Que lindo!!!este espaço,marvilhoso,abençoado.
    me encantei com tudo,quando meus filhos eram pequenos contava historias para eles,era maravilhoso,ver aqueles olhinhos quase se fechando,mais anciosos pelo final da historia.sinto saudades!!!depois foi sobrinhos,agora quem sabe para os netos.kkkk
    Eu não podia deixar de seguir vcs,meus filhos hoje ja são adultos,mas guardo eles aqui dentro do meu coração como meus bebês.Minhas bençãos que o sr. me deu.Um grande beijo para todas.,e que Deus continue abençoado a todas vcs,suas familias,filhos e os seus trabalhos.

    ResponderExcluir
  4. Ai, eu também amava ouvir as histórias que minha mãe contava!(bateu aquela saudade)
    Aqui em casa também contamos histórias para o Daniel e ele ama! As vezes ele não só ouve, mas participa tentando repetir as palavras que acabou de ouvir...rs muito engraçado! É ótimo mesmo.
    Bem lembrado amiga, o próprio Deus incentivava o povo a contar as historias de geração a geração.
    Beijinhos Cida!
    Amei o post

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga,
    tive esta experiência de contar histórias aos meus filhos quando pequenos e eles amavam.Contei também muitas histórias da Bíblia e creio que as sementes lançadas na infância estão sendo germinadas e frutificarão no presente e no futuro.
    Beijinhos e fica na paz!

    ResponderExcluir
  6. Oi flor.. que lindo post... aprendi recentemente, num curso da igreja... que o fato de contar historias é o mesmo que fazer memoria... de fé (biblia), esperança (amor de Deus eterno) e amor (nossa vida)... é tão bom ouvir e contar... enche nosso coração de alegria... mil bjss e otima semana

    ResponderExcluir
  7. Eu espero ter criatividade suficiente pra inventar boas histórinhas pro meu bebê. Eu tb me interessava pelas histórias de vida dos meus pais e avós.

    Ótimo post.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida...
    Lembro como eu amava ouvir meu pai contar as historias dele... eu viajava pelo mundo encantada da imaginação. Meu pai era semianalfabeto, nascido e criado na fazenda e suas historias eram reais, mas pareciam um conto... eu amava...
    Eu tento contar umas para o Edu mas ele ainda não se prende muito, mas não deixo de contar não...
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Oi amiga, como é importante contar historia para as crianças, lembro quando que meu irmão era criança ele participou de uma escola dominical onde contaram uma historia bíblica e ele nunca esqueceu.!! Uma bela noite e um abraçoooo

    ResponderExcluir
  10. NOSSA,MINHA FILHA AMA HISTÓRIAS E COMO A SUA ESTÁ NA FASE DAS HISTÓRIAS REAIS.VIVE ME PEDINDO PRA CONTAR A HISTÓRIA DE COMO PAPAI E MAMÃE SE CONHECERAM E COMO ELA NASCEU.AQUI TB USAMOS AS HISTÓRIAS PRA MOSTRAR A ELA DO CUIDADO E AMOR DE DEUS COM SEUS FILHOS.ELA AMA E NÃO É RARO VER ELA REPETINDO TODA A HISTÓRIA PRAS SUAS BONECAS OU PROS MASCOTINHOS DA CASA.UMA CENA QUE PRA MIM FICOU MUITO MARCANTE FOI QUANDO POR VOLTA MAIS OU MENOS DOS 2 ANOS E MEIO CHEGUEI NA SALA E ENCONTREI ELA SENTADA NO CHÃO COM A CABEÇA DO MEU CACHORRO NO COLO(ELE É UM DOCE MAS É ENORME KKKKK)DIZENDO PRA ELE QUE DEUS O AMAVA DESDE ANTES DELE NASCER E QUE FOI DEUS QUE O COLOCOU COM MUITO AMOR NA BARRIGA DA MAMÃE DELE PORQUE TINHA UM PLANO ESPECIAL PRA ELE,QUE ELE NASCESSE PRA PODER BRINCAR COM ELA.NAQUELE DIA ME SENTI MUITO ORGULHOSA POR SER MÃE DAQUELA GAROTINHA TÃO DOCE,SAPECA E INTELIGENTE.ORO A DEUS PRA QUE ELE CUIDE E PROTEJA MINHA BONEQUINHA E NÃO PERMITA NUNCA QUE ELA SE DESVIE DOS SEUS CAMINHOS MAS SE POR VENTURA ISSO ALGUM DIA ACONTECER QUE ELE NÃO DESISTA DELA ASSIM COMO NÃO DESISTIU DE MIM E QUE POSSAMOS ESTAR JUNTOS NO DIA DA SUA VOLTA.CONTAR HISTÓRIAS É MÁGICO E FAZ BEM NÃO SÓ A MENTE MAS TB AO CORAÇÃO.BJS CIDA E PARABÉNS PELO POST.

    ResponderExcluir
  11. Muito legal seu blog e otimo, e muito criativo, se depois vocês quiser olhar o meu blog e dar a sua opnião eu ficarei muito grato: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!