Cris Chabes

Mãe, Mulher e Profissional!! Ufa!!!

sexta-feira, fevereiro 11, 2011Cris Chabes

Quando o Marcelinho ia completar 3 anos voltei a trabalhar. Antes disso eu trabalhava em uma administradora de condomínios e quando ele nasceu, passado o tempo de férias, resolvemos que eu ficaria em casa até que ele tivesse idade suficiente.


Não foi fácil voltar a rotina depois. Cortava-me o coração tira-lo da cama ainda sonolento e levá-lo até minha mãe onde ele ficava até as 13 hs e depois ia para a escolinha. No final da tarde quando ia buscá-lo parecia que fazia uma eternidade que não o via. Que horror! Mas esse é o mesmo sentimento que muitas de vocês têm, com certeza.
Lembrei-me disso, pois esta semana retornei com tudo meus trabalhos na escola (planejamento, arrumar sala de aula, crachás, atividades, etc) e voltei a acumular funções ( faxina, serviço de banco, mercado, roupa, comida, feira, academia, dentista, estudos, internet e esposa). Tudo igual a vocês UFA!!!!! A única diferença, e ai tenho que tirar o chapéu para vocês, é que agora meus filhos cresceram e não tenho mais aquela rotina de ir buscar na escola, ajudar na lição, levar na natação, inglês….ou ainda quando menores ainda….correr na cozinha para ver o arroz ao mesmo tempo que dá banho e pega pijama da criança pra vestir.

Parabéns mulheres guerreiras, quando eles crescem, sentimos falta do barulho e da bagunça, mas juro que no dia de hoje, cansada do jeito que estou, achei bom tê-los já crescidos, pois me restou ainda uma hora para sentar e navegar na internet antes de cair no sono…..

Beijocas a todas
Cris Chabes

VEJA MAIS POSTAGENS

7 comentários

  1. Realmente eh dificil trabalhar e criara os filhos, mas vale a pena. Adorei seu post.
    bj

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda passo por isso. Meu filho tem 2 e meio, e é muito difícil deixá-lo para poder trabalhar, até o ano passado eu ainda fazia faculdade, foram muitas vezes que pensei em desistir, largar tudo, pra poder cuidar dele, mas grças a Deus, tive sempre do meu lado uma família que sempre me ajudou muito e graças a isso, meu filho sempre esteve com pessoas que o amavam de verdade, cuidavam dele na minha falta e sempre que dava traziam ele até mim....Hoje é mais fácil, mas ainda é difícil, acho que nós mães sentimos mais falta deles que eles de nós. esse ano estou podendo dar mais tempo pra ele, e seguidno conselhos: curtindo cada minuto, pq passa rápido e garantem que vou sentir saudades..rsrs

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post Cris, ainda estamos no começo da jornada...rsrsrs...eu até que já passei pela fase de bebê, pois minha pequena já fará 6 anos, mas a rotina é grande. Só levar e buscar na escola já é um compromisso com horário marcado do qual não dá pra fugir...rsrsrs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Realmente é muito cansativo trabalhar e ser aquele trio: mãe, esposa, profissional, tem dias que parece que não iremos aguentar!

    Esse seu post me fez relembrar que cada da fase da vida tem seu próprio ritmo, suas alegrias e adversidades! Temos que curtir r aprender com todas!

    Beijos,
    Nine

    ResponderExcluir
  5. OOi achei o blog no orkut!
    adooorei, e nem quero ver a hora q tiver que colocar minha eduarda na escola, acho que vai ser um dos dias mais difíceis! Beiijos :*

    ResponderExcluir
  6. Qd tive minha primeira filha, há 2anos e 8meses atrás, precisei voltar a trabalhar qd ela tinha apenas 5meses. Era de cortar o coração ter que deixar aquele serzinho lindo pra trás. Ainda mais porque ele chorou mt até o 4º mês, então só naquele momento eu estava conseguindo "aproveitá-la" melhor. Ainda tinha o problema em ter que deixar com uma babá, já que não tenho ninguém da família com quem pudesse contar (graças a Deus a babá é ótima, dei mt sorte!)
    Agora, que meu segundo filho nesceu vou poder ficar um pouquinho mais com ele, e de quebra, com ela tb. Só volto a trabalhar qd ele já estiver com 8/9 meses, por conta da licença amamentação e férias. Nossa, como isso me alivia o coração.
    É mt duro deixar os filhos em casa... O sonho da minha vida é poder me dedicar a eles integralmente! Que os anjos me ouçam!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Cris!
    Ótimo post. Parabéns pras mamães guerreiras.
    Beijinhos carinhosos.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!