Colaboradora Dia das Mães

Ser mãe é...

quinta-feira, maio 05, 2011Recanto das Mamães Blogueiras


Escrito por Juliana Pereira, do blog Mundo Materno


 Para todas as mamães, papai e bons filhos uma homenagem minha ao dia das mães...

Toda mãe é um pouco médica, um pouco nutricionista, um pouco psicóloga, um pouco artista, um pouco pedagoga, um pouco economista, um pouco cientista, um pouco pesquisadora, um pouco sensitiva,um pouco mentirosa, um pouco milagreira, um pouco ultrapassada, um pouco metódica, um pouco ditadora, é um pouco guerreira!
Ser mãe é ter mil e umasss utilidades, cozinheira, faxineira, arrumadeira, lavadeira, passadeira, secretária e motorista. Limpa bumbum (e eventualmente até ajuda o filho a fazer o cocô, e analisa, é claro), dá banho, dá comida, coloca pra dormir, brinca, estimula, e quando tenta fazer tudo que os livros para bebês e crianças indicam, nota que 24 horas é muito pouco! E o tempo para ela mesma? hahahaha… essa foi boa… Enfim, ser mãe é fazer muito mais coisa do que um ser humano comum conseguiria.
Ser mãe é conhecer todos os sentimentos em um dia: alegria, tristeza, preocupação, descontração, amor, raiva, admiração, decepção, euforia, depressão, enfim todos em um único dia, e em todos os dias.
Ser mãe é ser boboca e ficar olhando pro filho com um sorriso meio tonto e admirando cada sorrisinho, cada careta, cada expressãozinha nova que ele descobre, e com o passar dos anos, mesmo que sendo muitos anos, ela ainda se pega com o mesmo sorriso tonto vendo o filho fazer a mesma expressão de tempos atrás e lembrar como se fosse um mini-flashback de todas as vezes que o viu fazendo aquela mesma carinha, que não mudou nada, só cresceu!
Ser mãe é ficar mais ansiosa para dar um presente pro filho do que ele para receber, e não se frustrar, achar até engraçado se ele não ficar tão entusiasmado como imaginava que ele ficaria.
Ser mãe é não conseguir ter uma noite de sono daquelas MA-RA-VI-LHO-SAS e nunca mais ter um domingo preguiçoso daqueles sem almoço, nem lanche, nem janta… daqueles em que comia qualquer coisa ou nem comia…
Ser mãe é ser de todas as religiões e acreditar em tudo, em todos os santos, orações, faz promessas e até estender o tapetinho e reza pra Alah quando vê o filho passando por algum problema sério, principalmente se for de saúde.
Ser mãe é ser coleguinha do filho quando ele é criança e ser amigona quando se torna adulto, mesmo que o filho nem se dê conta disso.
Ser mãe é carregar um filho durante nove meses, engordar, ter varizes, estrias, inchaço, fazer repouso, tomar váaaaarias furadas, fazer váaaaaarios exames, ter váaaaarias restrições, parir, amamentar, continuar gorda, com váaaaarias restrições e ainda sorrir satisfeitíssima mesmo o filho sendo a cara do pai!
Ser mãe é criar um filho do coração como se fosse biologicamente seu, afinal, o que é a biologia diante do amor de uma mãe??? O amor não tem DNA!!!
Ser mãe é generosidade, caridade, humildade, competência, dedicação, atenção, respeito, carinho, exemplo, cuidado, doação, abdicação, amor, é um milagre!
Ser mãe é estar sempre ali, mesmo quando nem está mais aqui.
Toda mãe é a mulher mais linda do mundo!
Toda mãe é a pessoa mais inteligente do mundo!
Toda mãe é o melhor ser humano do mundo!
Toda mãe é perfeita!
Para todas as mães, as biológicas, as do coração, as mães de um, dois, três, enfim quantos forem, as vovós que são mães duas vezes, para as mães que são mãe e pai e para os pais que são pai e mãe, eu desejo vida longa!
E parabéns!

* A Juliana é mãe blogueira de gêmeos.

VEJA MAIS POSTAGENS

12 comentários

  1. Ai que lindo , li o tezto sorrindo e me identificando com ele , aliás acredito que todas as mães farão isso , somos iguais , somos mães .
    bjss

    ResponderExcluir
  2. Eu já conheci esse texto e realmente fala muito ao coração das mamães... Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Adorei...
    principalmente o trecho que diz " ainda sorrir satisfeitíssima mesmo o filho sendo a cara do pai!".. isso acontece 99% das vezes... hahahaha!!!!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que texto lindo Juliana, somos mesmo um pouco de tudo...rsrs.
    Obrigado e feliz dia das mães pra você também!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  5. Maravilhoso post hein?
    Só não diz tudo porque quando o assunto é maternidade, é impossível dizer tudo não é?
    Parabéns Juliana.
    beijos
    Beatriz
    www.vidadamami.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Meninas, conheci o blog através de outras mamães blogueiras e amei!! Principalmente o texto de hoje! Fiquei muito emocionada!
    Um beijo em cada um de vocês que fazem um blog tão lindo e com informações tão úteis!
    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  7. ADOREIIIIIIIIIII
    mas o problema d dizer q o filho é a cara do pai eu não tenho, pois o meu é minha copia...kkk

    ResponderExcluir
  8. Juliana... Parabéns!!! Esse texto é lindo!

    ResponderExcluir
  9. Belo texto! Mostra a amplitude do sentimento materno.
    Vou mandar pra minha mãe!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Lindo, Juliana!
    Parabens e mais uma vez obrigada por colaborar com o Recanto!
    beijinhos, Lauri

    ResponderExcluir
  11. Simplesmente lindo!

    Parabéns! Meus olhos ficaram marejados…

    Bjos

    Elaina
    http://www.vidademae.net/

    ResponderExcluir
  12. Muito lindo o texto e me sinto muito feliz por ser mãe, esse será o meu primeiro dia das mães com meu filho...felicidades pra nós mães blogueiras...bjs

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!