Bebês choro

Quando aparece o primeiro dentinho

sábado, outubro 01, 2011Cris Chabes

imagens do google
Bom dia mamães 
Hoje trago um tema que deixa as mamães muito felizes mas que também, em alguns casos, assusta: o primeiro dentinho.
Lembro-me que fiquei muito feliz quando os primeiros dentinhos dos meus filhos começaram a aparecer.....que coisa mais linda!
Mas junto com aquele pequeno sinalzinho despontando na gengiva surgiram também os chorinhos que eu não sabia se eram de dor ou irritação.
E agora?.....será que dói?....será que é preciso procurar um dentista?....levo ao pediatra?....escuto os conselhos das avós?.....o que fazer?
Ops.....isso foi a muito tempo!
Pesquisei em alguns sites e percebi que essa dúvida realmente existe. Seguem algumas dicas legais do que fazer.
Beijocas
Cris Chabes



O primeiro dentinho
Assim que ele desponta, surgem as dúvidas: será que meu bebê vai ter febre? E diarreia? Mordedor ajuda? Especialistas esclarecem essas e outras dúvidas no Bebê.com.br
Quando surgem os dentes de leite? “Eles despontam entre o sexto e o nono mês, mas os pais não precisam se preocupar com antecipações ou demoras”, avisa o dentista Leonardo Ganzarolli, do Instituto Bibancos de Odontologia, em São Paulo. A arcada de leite se desenvolve até os 3 anos. Nessa idade, a criança deverá ter dez dentes superiores e dez inferiores. Alguns bebês, apressadinhos, já nascem com dentes (é o que os especialistas chamam de dentes natais) ou iniciam esse processo ainda no primeiro mês (dentes neonatais). Um odontopediatra deve ser procurado nesses casos e também se, ao completar 1 ano, o pequeno ainda estiver sem nenhum dente. Entre esses extremos, as variações são normais. Não se preocupe. 
imagem do Bebê.com.br
Por que a chegada dos dentes causa febre e diarreia? 

“Uma febrinha leve é normal, já que a erupção dos dentes desencadeia um processo inflamatório”, explica o dentista Marcelo Sarra Falsi, de São Paulo. Quanto à diarreia, o problema é outro. Como os pequenos levam tudo à boca tentando amenizar o incômodo, correm mais risco de entrar em contato com objetos contaminados. É daí que podem vir os distúrbios gástricos que causam diarreias. 
O que faço para amenizar o incômodo do meu bebê? Massagens e contato com baixas temperaturas ajudam a descongestionar as gengivas e deixam seu fofo mais confortável. “Envolva o dedo em uma gaze ou fralda embebida em água filtrada ou soro fisiológico e faça uma leve fricção em toda a gengiva”, ensina Vivian. Outra opção é refrigerar os mordedores de gel antes de dá-los a seu filho. “Colocar uma colher na geladeira e aplicá-la na área também funciona”, diz o dentista Flávio Luposeli, de São Paulo. 

A partir de quando devo escovar os dentes do meu filho? 
Comece assim que sair o primeiro dentinho. “Prefira uma escova de cabeça pequena e cerdas macias e planas”, ensina Falsi. Realize a limpeza sempre após as refeições e à noite, usando pasta sem flúor e em pequena quantidade (o equivalente a meio grão de lentilha). “Como o bebê não sabe cuspir, ele poderia engolir essa espuma com flúor. Acontece que esse mineral já está presente na água e em alguns alimentos, e seu acúmulo no organismo pode provocar fluorose, que causa defeitos no esmalte dental, como manchas e falhas”, explica Ganzarolli. O uso do fio dental começa quando praticamente todos os dentes já tiverem nascido, e os enxaguantes bucais só entram em cena depois dos 6 anos. 
É preciso cuidar da higiene bucal antes dos dentes nascerem? A limpeza diária com gaze ou dedeira embebida em soro fisiológico deve integrar a rotina do pequeno desde sempre. Mesmo que seu filhote só mame no peito, higienize a boquinha dele após cada mamada, inclusive à noite, quando a produção de saliva cai, diminuindo a proteção natural contra germes. Esse hábito ajuda a prevenir um dos piores vilões da dentição de leite: a cárie de mamadeira. 

VEJA MAIS POSTAGENS

6 comentários

  1. Adorei as dicas,Sofia esta passando por essa fase (ate fiz uma postagem ontem sobre a irritação dela)...E adorei saber como devo proceder corretamente...Estou procurando um mordedor a base de gel pra poder resfria-lo!
    Obrigada!
    Bjs bom fds a toda a equipe

    ResponderExcluir
  2. Que legal esse post Cris!
    Os dentinhos na minha filha começaram cedo a aparecer, com apenas 4 meses, deu uma peninha, pois ela babava muito, coçava, ficava irritadinho, mas uma hora passou.
    No aniversário de 1 ano ela já estava com muuitos dentinhos.
    Beijos e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  3. Oiii!!! Que Saudades de passar por aqui! Mas agora voltei!!! Minha Ana já nasceu... Hehehe. VH teve seu primeiro dentinho com 11 meses, e foi super tranquilo, graças a Deus ele não teve nada. Como eu digo: dormiu sem dente acordou dentuço, rsrsrss!!! Mas esses dias atrás recebi uma dica maravilhosa para usar com os pequenos quando essa fase causa dor e irritação... A mamãe pode congelar o leitinho materno, tipo picolézinho e deixar a criança se lambuzar... Olha que bacana??? Vou fazer com a Ana, com certeza! Hehehe. Adorei o post, MUITO informativo!!! Beijocas!!!

    ResponderExcluir
  4. A minha Laura está nessa fase de irritabilidade... Nasceram os dois inferiores e agora a gengiva superior está super inchada... Morro de peninha...

    beijinhos
    Carol

    ResponderExcluir
  5. Já inscreveu seu filho (a) no sorteio que o Atelier Graça Veloso está fazendo?
    Participe do sorteio do Conj. bebê 3 peças e concorra a uma lindo conjunto para o seu bebê, composto de 1 toalha de capuz, 1 babadouro tipo camiseta e 1 toalha de mão bordados.

    Inscreva-se já: http://www.atelierveloso.com/

    Boa sorte, desde já!!!

    ResponderExcluir
  6. Ai Cris, nem me fale em dentinho nascendo que eu tô sofrendo a semana inteira com o meu cizo! Hahaha! E todo dia penso "imagina os bebês quando nascem os dentes, a dor que sentem"???
    Beijo!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!