Colaboradora dicas

Avulsão dental: saiba o que fazer

quarta-feira, abril 18, 2012Recanto das Mamães Blogueiras



Por Nívea, do blog Mil dicas de mãe



Você sabe o que é avulsão dental? Saberia como proceder se acontecesse com seu filho?

Se você é mãe, sabe que as quedas, empurrões e choques ocorrem o dia inteiro com seu filho. Na escola, em casa, correndo, brigando, até dos jeitos mais bobos possíveis. E nessas horas é bem comum que a criança bata a boca no chão. Eventualmente, a pancada pode ser tão forte que provoca a saída completa do dente do osso alveolar. Sim, o dente pode sair literalmente voando, para desespero dos pais ou de quem estiver por perto!

Em primeiro lugar, mantenha a calma, isso é muito importante. A criança já estará nervosa pela queda, e poderá ficar com ainda mais medo quando perceber sangue saindo pela boca. Cabe a você dar segurança a ela, tentar acalmá-la, para poder mexer no local.

Em segundo lugar, tenha em mente se o dente avulsionado é "de leite" ou permanente. Se a criança tem menos de 6 anos de idade, o dente é pequenininho e bem branquinho, provavelmente é um dente de leite. Nesse caso você não deve tentar recolocá-lo, pois poderá causar algum trauma no dente permanente, que já está sendo formado dentro do osso. Apenas limpe o local com uma gaze embebida em água filtrada (vale a pena ter sempre em casa pacotes de gaze estéril, na caixinha de primeiros socorros) e leve seu filho ao dentista, para checar se ouve dano a algum outro dente.

Por outro lado, se for um dente permanente, o ideal é que seja reimplantado o mais rápido possível, preferencialmente dentro de meia hora. Quanto mais tempo se passar com o dente fora da boca, menores as chances de sucesso do reimplante. Se você acha que não conseguirá um atendimento profissional dentro desse intervalo de tempo, a melhor alternativa é você mesmo fazer o procedimento. Siga os passos a seguir:

- Lave o dente em água corrente, para remover as sujeiras mais grosseiras, segurando-o pela coroa (não encoste com os dedos na raiz).

- Não esfregue qualquer tipo de pano ou papel sobre a raiz do dente, na intenção de deixá-lo ainda mais limpo. Nessa superfície há fibras que garantem a fixação do dente no osso, e que se removidas causarão o insucesso do reimplante.

- Se conseguir atendimento profissional rápido, coloque o dente em água (pode também ser em leite, como diz a lenda) e leve ao consultório odontológico junto com seu filho. O dente precisa se manter úmido para o reimplante.

- Se optar por você mesmo reimplantar (se você tiver calma para isso, certamente é a melhor opção, não espere!), logo após a lavagem do dente recoloque-o no osso, tentando realinhá-lo com o dente vizinho. A seguir, leve seu filho ao dentista, para que ele faça uma contenção do dente (uma espécie de fixação aos dentes vizinhos, por um período de 7 a 10 dias, o que aumentará as chances de sucesso do reimplante).

 Parabéns! Você pode ter acabado de salvar o dente do seu filho!


Achou útil esse post? Manda o nosso link para as mães que você conhece, pois é o tipo de informação que vale a pena divulgar!
Nívea

*A Nívea é dentista formada e pós-graduada pela USP, escreve o blog Mil Dicas de Mãe, e o mais importante de tudo: é mãe da Catarina, de 1 ano e 3 meses.




Assim como a Nívea, você também pode participar deste espaço como colaboradora, basta enviar um email para recantodasmamaes@yahoo.com.br. 
Nós publicaremos seu texto com o maior prazer.
*A partir de Maio os textos de colaboradores serão publicados aos sábados.
Equipe Recanto

VEJA MAIS POSTAGENS

12 comentários

  1. Super legal o post. Realmente não espero usar a técnica rsrs mais com certeza valeu mesmo as informações.

    ResponderExcluir
  2. Eu dou palestras p/ gestantes carentes e vou levar essa informação para elas...super útil.
    Tb vou divulgar o post.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Valeu a dica, equipe.
    É bom estar sempre preparados para as emergências.
    Abraço da
    Celina

    ResponderExcluir
  4. Adorei a dica. Parabéns pela matéria.

    Bjsssssssssssssssssss, Dani Cardão.

    ResponderExcluir
  5. Oi Nívea, só de me imaginar em uma situação dessa já me dói o coração, mas como pais precisamos estar preparados para emergências. Muito obrigada por compartilhar essas dicas com a gente.
    beijos, Lauri

    ResponderExcluir
  6. Que legal. Eu não sabia dessa possibilidade. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá Nívea!
    Adorei o post. Minha filha quando ia completar 3 anos, uma semana antes, caiu e o dentinho da frente ficou pra dentro da gengiva. A princípio achamos que tinha caído, mas depois a gente viu que estava enterrado na gengiva.
    Levamos um susto tão grande naquele dia... era tanto sangue.... também inchou bastante.
    Depois de 20 dias somente é que uma odontopediatra conseguiu tirar, pois ela ficou traumatizada com a primeira dentista que a levamos no dia, a moça tentou tirar a força o dentinho. daí ela chorou muito e não queria mais abrir a boquinha.
    Mas essa dentista fez todo um trabalho antes, conquistou a confiança dela primeiro e daí conseguiu extrair.
    Graças a Deus não afetou o dente permanente, mas dava uma peninha de ver ela banguelinha com 3 anos....rsrsrs.
    Beijinhos.... se eu soubesse de tudo isso que vc escreveu antes, teria sido muito mais tranquilo tudo.

    ResponderExcluir
  8. Nívea, hoje estou passando por aqui para convidar você e todas as mamães e leitoras do Recanto das Mamães Blogueiras a participarem de uma blogagem coletiva que estou propondo em meu blog em homenagem ao Dia das Mães. Passe por lá e confira!
    Adorarei ter todas vocês participando dessa blogagem!

    Beijos!

    Lívia.

    ResponderExcluir
  9. Adorei a dica,ainda não tenho esses medos pois Bruna não esta tão sapeca assim mais....
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  10. Olá eu não conhecia esse termo, mas sim a situação pois aconteceu com meu filho Rafael
    Ele bateu o dente e parte literalmente saiu
    Até hoje ele vai ao dentista verificar como está esse dente que exige cuidados maiores
    Ótimo post
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!