Educação de filhos Mamãe Lauri

Só uma mentirinha boba...

segunda-feira, maio 28, 2012Lauri Sousa


 
Nós mães e pais temos papel fundamental na formação do caráter do nosso filho, ele vai aprendendo a discernir o bom do ruim através do que ela vê e aprende com a gente.  Por isso precisamos estar atentos, as crianças funcionam com esponjinhas absorvendo tudo, não necessariamente apenas o que ensinamos a elas.

Acho que uma das grandes dificuldades encontradas pelos pais é não mentir para conseguir aquilo que quer do filho, e eu falo por experiência própria. Há um tempo compartilhei no meu blog pessoal (faz tempo mesmo, quando ele ainda era aberto) uma lição aprendida por mim e meu marido:

Já tínhamos tentado de tudo que imaginamos na época para evitar que o Daniel comesse  doces o tempo todo,  ele pedia toda hora, gritava e esperneava e para completar os avós davam de presente muitos doces e por isso sempre tinha muitos em casa... então começamos a dizer que a formiguinha, o único bichinho que ele conhecia na época, tinha levado os doces embora. Não demorou muito para percebermos o nosso erro, porque ele também começou a dizer que a formiguinha tinha levado embora as coisas, o carrinho que sumia, a bola, o tênis, o velotrol... "quem pegou a carteira da mamãe, Niel?" (mania que ele tem até hoje, revira minha carteira e tira tudo de dentro)

 “ih, a formiguinha levou”

Tudo era a formiguinha... E agora? Meu filho havia aprendido a mentir, e o pior, não havia sido com nenhum estranho... mas com os próprios pais!

Nós reconhecemos o nosso erro e nos corrigimos a tempo, aprendemos a lição.
Mas as vezes nossas atitudes são tão sutis, quase imperceptíveis,  por isso a necessidade de estarmos atentos ao que fazemos e falamos para o filho.

Sei que as vezes é um caminho mais fácil para conseguirmos o desejado naquele momento, mas trás consequências ruins para o futuro.  Eu conheço uma pessoa que tinha a mania de mentir e conversando mais profundamente com ela, descobrimos a causa daquela mania: os pais mentiam muito, nas coisas pequenas e nas grandes. Essa pessoa se lembrava de várias situações, em especial de quando a mãe mentia que iam comprar balinha quando na verdade ia leva-lo para tomar injeção, vacina ou tirar sangue...

Na infância é normal a invenção de estórias, as crianças gostam de criar personagens, mudar os personagens e os acontecimentos nas histórias que contamos para elas, o Daniel também faz isso. Isto é saudável e natural, diferente de mentir.

Nem sempre é fácil, mas é super importante sermos sempre verdadeiros com nosso filho, lembrando sempre de que somos espelho para ele. 

Esta é a minha opinião, gostaria de saber a sua, é válido contar uma mentirinha de vez em quando para conseguir o que se quer dos filhos? Os fins justificam os meios?

Um super beijo e uma semana de muitas vitórias a todas!

Lauri Sousa
laugsousa@yahoo.com.br

VEJA MAIS POSTAGENS

11 comentários

  1. Muito bom mesmo, somos espelhos, muito legal o post. abc Bom fds.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, Lauri! Realmente precisamos cuidar essas pequenas mentirinhas. Eu procuro sempre falar a verdade pros meus filhos, por mais que seja difícil. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre me cuido pra não cometer isso,não q eu o pai temos costume de mentir,mas pra tentarmos falar a mesma lingua do filho,acabamos falando essas mentiras q pra gente é inofencivo..

    Mas desde muito cedo eu percebi q meu filho entendia tudo q acontecia a seu redor,tudo mesmo..ele só não sabia falar,quando ele me pedia doces,eu dizia q tinhamos q comprar no mercado,q tinha acabado,era mentira claro,eu tinha em casa,mas não era pra ele comer q nem arroz e feijão..então ele ficava pensativo,e certo dia fui surpreendida,quando disse q tal coisa tinha terminado,e ele me respondeu q tinha q comprar no mercado e quando passamos em frente ao mercado de carro,ele sempre pede pra ir..ahahahah(qué ir no mecado mãe,qué)rsrsr

    Uma graça..

    Ótimo texto!

    ResponderExcluir
  4. Olá Lauri!
    Ótimo post, concordo plenamente com você. Uma mentirinha aqui, outra ali e quando se vê isso vira um círculo vicioso.
    Temos que dar bons exemplos.
    Beijinhos amiga e uma abençoada semana.

    ResponderExcluir
  5. concordo com você,também acho que isso no futuro não é bom,detesto quando os avós da Nic contam mentiras do tipo...

    ResponderExcluir
  6. Lauri ... adorei seu post hoje =)

    Aprendi que a mentira, por mais "boba" que seja, é errado!

    O problema não esta naquela "pequena" mentira contada hoje, mas sim aquilo que será preciso criar para sustentar a "pequena"! Daí o que era para ser bobinha torna-se uma bola de neve =/

    Parabéns!!

    Beijos, Má
    monmaternite.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Lauri,
    somos importantíssimos na formação do caráter dos nossos filhos e também somos exemplo.
    Acho que devemos ser sempre verdeiros e sinceros com os nossos filhos. Tem apenas a questão lúdica e da fantasia, essas eu gosto de incentivar.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Lauri,
    somos importantíssimos na formação do caráter dos nossos filhos e também somos exemplo.
    Acho que devemos ser sempre verdeiros e sinceros com os nossos filhos. Tem apenas a questão lúdica e da fantasia, essas eu gosto de incentivar.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Bom Lauri,
    Eles são muito mais espertos e inteligentes, nós subestimamos nossos filhos em todas as idades e aspectos.
    A mentira tem perna curta, e nós pais como educadores se começarmos a mentir com pequenas coisas, estamos pregando o que para os nossos filhos fundamental a falar a verdade sempre mesmo que doe.acho que uma boa conversa resolve sempre. E o que faltou foi isso conversar com os avós, expor o problema e pedir a ajuda deles. mas sem mentira. ri um pouco da história pois é engraçado...mas aconselho a todos a falar a verdade sempre.
    Beijocas e uma linda semana.

    ResponderExcluir
  10. Acho que fantasiar nunca é demais porém temos que mostrar a realidade tambem para que nossos filhos nao confundam......bjus

    ResponderExcluir
  11. Realmente temos essa fase da mentira e sempre evito isso como tambem "não vá para o escuro se não o homem velho te pega"e eles levam isso ate uma certa idade e toma verdadeiro pavor aos idosos .Eu quando pequena tive essa fase e tive consequencias na hora que veio por terra a mentira e assim apredir.Mas como o nosso papel é educar e tentar ser uma especie de filtro das coisas chatas da vida temos que ensinar o certo para os filhos.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!