Mamãe Cléo Moretti Solidão

Eu quero "Um pouco de Solidão"!

quinta-feira, julho 19, 2012Cléo Moretti


Quem disse???

Quem disse que só porque não trabalho fora, não posso ficar cansada??? Quem disse que mãe não é profissão??? Quem disse que não preciso de um descanso??? Quem disse que não tenho o direito de me entristecer ou me estressar???

Sou Mãe e amo mais do que tudo isso, amo cada sensação sentida... mas... apesar de querer ser uma super mãe todos os dias e o dia todo, as vezes preciso de um descanso...
(...)
Por Jamilly Lima


Quando li esse texto me senti  leve, pois pensava que apenas eu me senti assim, 'Cansada'.
E desde então venho querendo falar sobre esse assunto, mas ainda não tinha tido tempo, oportunidade, jeito de escrever sem ser agressiva e incompreendida. Afinal falar dos nossos sentimentos verdadeiros as vezes pode ser perigoso, pois uma única palavra ou vírgula pode mudar todo um contexto e deixar a história parecendo um crime fatal. (Nossa que forte isso!)

Pausa: Esse é meu primeiro texto por aqui, estou emocionada!!!!!

Levanta a mão qual mãe se sente assim: ___________________! (pode levantar ninguém vai ver!)
Pois é, e como disse a nossa amiga Jamilly, amo muito ser mãe, sou feliz assim sim! Mas preciso de folga, tempo, espaço, SOLIDÃO!

Solidão pra tomar um banho de pelo menos 15 minutos, pintar as unhas sem borrar, ir a cabeleira e curtir a massagem, ver um filme abafadinha no sofá, ler um livro de 'adultos' (não estou desfazendo das histórias infantis) e tomar um sorvete sem repartir (ai, já tô me sentindo culpada!). Ficar na internet e usar as duas mãos pra teclar, não apenas o indicador (como estou fazendo agora) porque estamos com o/a filhote/a no colo.

Solidão pra sentir aquela saudade melancólica de alguém, pra chorar um pouquinho sem deixar os filhotes impressionados (eu não posso chorar senão Davi fica triste e chora também, e se Davi chora Cecília chora, é um Deus nos acuda).

Eu estou numa fase de desgaste, precisando muito de um pouco de Solidão, mas não se assuste, não é depressão não tá, TPM talvez.

E você? Sente assim também as vezes? Conta pra nós! Esse espaço é seu, vamos conversar....

Mil beijocas

VEJA MAIS POSTAGENS

13 comentários

  1. Oii Cléo, não sei qtos anos tem seus filhos, mas certamente qdo pequenos nos roubam todo direito a solidão, e nos cansa mesmo, as minhas estão grandes 12 e 17 anos, então já não sofro mais essa falta de espaço, pelo contrário te-las por perto só implorando rsrsr ou qdo sirvo de "Mãetorista" (exagero) mas a tendencia é só te-las cada vez mais distantes, a mais velha já está em outra cidade bem longe, fazendo faculdade (meu grande orgulho, federal)Mas já passei por esses momentos sufocantes e entendo bem sua necessidade, a boa noticia é que vai passar, a má é que vc sentirá falta! rsrs Bjooooooossss

    ResponderExcluir
  2. Olá Cléo, bom dia
    Ufa!!!!! Mais uma para o time das mães que querem voltar a ter um tempinho só para elas, sem parecer egoísta.
    É claro que isso é natural!
    Antes de sermos mães, somos seres humanos como todos os outros. Todos devem por obrigação e determinação médica terem seu momento de relaxamento (descanso, paz, reflexão interior, etc). Mãe não é um ser diferente que veio de outro planeta para tomar conta dos filhos.
    Mas amiga, é fato! Enquanto nossos filhos são pequenos mal sobra tempo para nós. Eles crescem e o tempo aumenta, igualmente as preocupações.
    Eles assumem o controle de suas vidas e o tempo torna-se ainda maior assim como as preocupações.
    Então antes que esse tempo enorme chegue, tire um momento, sem culpa, para você voltar a ser apenas a CLÉO.
    E seja bem vinda ao time.
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir
  3. Oh Cleo adorei o texto, é bom saber que não somente eu mas outras mamães sentem falta de uma espaço. Mas tb é maravilhoso amamos nossos filhotes e ter o tempo com eles... mas fazer as unhas sem borra-las e ser mulher! rsrs

    Obrigada pela referencia ao meu texto.

    bj

    ResponderExcluir
  4. Oi Cléo!
    Adorei seu texto.
    Lembro tão bem quando minha filha era bem pequena e que eu também ficava sufocada. Mudamos de cidade quando ela tinha 1 ano e 6 meses, não tinha parentes e nem amigos por perto, o papai dela viajava e eu não conseguia ir na esquina sozinha.
    Uma vez fui no mercado e ela ficou sozinha com o pai, não levou muito tempo pra ele me ligar e pedir que eu voltasse logo, pois ela estava nos prantos, me chamando.
    Depois foi crescendo, ficando mais independente, ia na pracinha com o papai e eu ficava sozinha limpando a casa. Era um oásis no deserto limpar a casa sem ninguém me chamando toda hora...kkkk.
    Mas o que está acontecendo agora,é que ela tem 7 anos já, nas tarde que ela vai pra escola posso fazer muitas coisas sozinha, mas confesso que estou amando as férias dela, pois estamos ficando sempre juntinhas e eu estava sentindo falta disso.
    É estranho né?
    Mas assim como a Kellen falou a boa notícia é que vai passar e a má notícia é que sentiremos falta!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. cleo
    post perfeitooooooooooo
    davi ja tem 3 anos e ainda tenho dias q nao fico sozinha nem 5 minutos...ate hoje tenho companhia ate na hora d ir ao banheiro...rsrsrs
    cansaaaaaaaaaaaa mesmo amiga.... mas saõ fases, umas demoram mais q outras...mas vai passar...quando eu entrava em desespero eu fazia um mantra....é só uma fase, vai passar...é só uma fase vai passar...rsrsrs
    bjaoooooooooooooo

    ResponderExcluir
  6. Oi Cléo, ótimo texto.
    Eu me sinto sim cansada e muitas vezes quero ficar quietinha, sozinha, sem ser solicitada.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Cleo, estou voltando hoje a comentar no recanto depois de uma temporada sem internet, quase um mês... #meabracem kkk
    E fiquei super feliz em me deparar com seu texto de inauguração, seja suuuper bem vinda ao recanto!!!
    Sobre o seu texto, eu também tenho os meus dias de precisar estar sozinha, cuidar de mim mesma, simplesmente relaxar...
    Adorei o post!
    beijos, Lauri

    ResponderExcluir
  8. Ah! Como é bom nos identificarmos e saber que somos normais. Eu sinto falta de um tempo para mim. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. É mesmo quem disse? haha adorei!

    beijos,

    ResponderExcluir
  10. Que bom é ter gente que entende a gente! A frase da Jamilly e seu texto acordaram meu dia hoje! Amei! BeijoBeijo. Andrea e Lara. http://coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Cleo sabe qual é o problema todo mundo só fala do glamour de ter filhos em casa.
    Todas nós nos sentimos assim.
    Ontem estava conservando com meu marido, falando que eu precisava de um tempo pra ir a manicure, cortar meu cabelo. Mas nunca sobra tempo pra gente.
    Bem vinda a realidade materna.
    Bjks

    ResponderExcluir
  12. Adorei o texto, já estava sentindo falta de algo real, amo ler todos os blogs, mas nada na vida é só o bom,quando me vejo querendo escrever o que realmente estou sentindo parece que irá soar como...Nossa coitada dela, o que será que está acontecendo, hehehehe. Muito bom Cléo adoreiiiii, um grande beijo no coração!

    ResponderExcluir
  13. Oi Cléoo
    Nossa como me fez bem ler esse seu post.
    Já passei por essa crise N vezes e sei que vou passar mais N vezes.
    Tiago meu mais velho tem 17 anos e meu caçula tem hoje 02 anos. Já viu né?
    Então meu blog foi meio que terapia
    http://debbyeuamominhavida.blogspot.com.br/2012/05/inicio-de-semana.html


    Aparece lá..
    http://debbyeuamominhavida.blogspot.com.br/2011/12/sobrevivendo-sem-baba-hellllppppp.html

    Bjs
    Debby :)

    Gentem eu não consigo colocar meus links aqui... rs

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!