alimentação Colaboradora

Mãe E.T

sábado, julho 21, 2012Recanto das Mamães Blogueiras

Por Susan, do blog Pitico de gente



Então... me sinto uma alienígena nesse mundo de meu Deus.
Será que sou eu, hãn, hãn?
Por favor sejam sinceros tá, é muito assustador eu dizer ás pessoas que eu NÃO dou refrigerantes, balas, frituras e café ao meu filho?
É fora do normal eu dizer ás pessoas que nunca, NUN-CA levei meu filho para comer aqueles lanches e batatas "super saudáveis" do Mc Donald's (aproveitando o gancho, sugiro que assistam o filme "A dieta do palhaço") ?
Agora o mais assustador de todos: é estranho eu dizer ás pessoas que ao invés de dar esses alimentos citados acima eu substituo por frutas, legumes, sucos naturais, carnes, peixes, grãos?
Sonho até com as caras e expressões espantadas das pessoas quando digo que não dou refrigerante e sim suco de fruta natural.
Sim gente, frutas existem, é só picar elas no liquidificador e colocar água, bater, coar e tomar. E olha posso te garantir que o sabor é muito gostoso e o melhor, faz bem á SAÚDE.
Não sou do tipo radical, que leva uma barrinha de cereal pro filho em festa de aniversário do amiguinho.
Mais faço escolhas.
Por exemplo:
Se no aniversário tiver a opção de suco ao invés de refrigerante, eu dou suco.
Se houver salgadinhos assados, ao invés dos fritos eu dou o assado.
Ah, meu filho viu alguém tomando refrigerante e quer também, eu o deixo experimentar e digo: 
- Filho, você quer que a mamãe pegue suco pra você?
Como já sabe o que é suco, concorda de imediato e deixa de lado aquela bebida cheia de gás.
Eu sempre procuro optar pelo mais saudável ou pelo que irá fazer menos mal.
Sim, o Davi já experimentou refrigerante, comeu chocolate, pirulito, docinhos de aniversário, batata frita, pizza, até mortadela ele já comeu, e amou tanto que não pode ver que já pede. Mais são alimentos que não fazem parte do seu dia a dia, é esporádico e só em determinadas ocasiões.
Deixo experimentar de tudo (quase tudo, outro dia queria experimentar o molho de pimenta).
Eu sei que na correria do dia a dia é bem mais prático você oferecer um alimento ou bebida industrializado do que se descabelar na correria de preparar alguns legumes para o almoço.
Mais gente, e os nutrientes e vitaminas que seu filho irá ganhar? E o aumento de resistência que seu organismo passará á ter? E a energia, o crescimento a inteligência?
Ingerindo alimentos saudáveis, seu filho crescerá forte, esperto e feliz.
Vocês sabiam que a cenoura e o chuchu aumentam a inteligência? Que o abacate ajuda a dormir melhor, a lentilha afasta o medo e que a banana combate a ansiedade?
Os alimentos saudáveis não só nos fortalece o físico como nos ajuda e muito as nossas emoções, ao nosso equilíbrio.
Eu sei que um futuro não muito distante não vou conseguir evitar que ele coma determinadas coisas, mais que ele não ficará espantado quando ouvir alguém dizer que adora brócolis, ah isso ele não vai.
Ainda tem  muito tempo pra descobrir os sabores das guloseimas da vida, pra quê adiantar esse processo?
Agora por favor alguém me responda, sou eu que vivo no planeta errado?

Susan por Susan:  Mãe de um Pitico de Gente. Me tornei mãe no susto (e que susto!) mais a vinda do Davi me mostrou que realmente nasci para ser mãe. Vivo intensamente esse papel, me desdobrando entre trabalho, casa, família e amigos (ficando maluca na maioria das vezes, afinal sou mãe de primeira viagem).

 Assim como a Susan, você também pode participar deste espaço como colaboradora. Envie seu texto para o nosso email recantodasmamaes@yahoo.com.br
E lembrando que teremos em breve um post tira- dúvidas com a especialista em nutrição infantil, Taniara Sinhori. Envie-nos suas dúvidas...
Equipe Recanto

VEJA MAIS POSTAGENS

19 comentários

  1. é realmente engraçado a reação das pessoas com relação a isso.Tento manter um equilíbrio e graças a Deus minha pequena gosta de tudo.E no meu caso,a alimentação saudável dela é mais que prioridade ,uma vez que ela puxou a família do meu esposo,onde 95% das pessoas estão acima do peso(ele já está caminhando para obesidade mórbida!!)e eu magrinha...sempre gostei de saladas então tento mantê-la longe dessas "tranqueirinhas alimentares".Experimentar,claro que já experimentou,mas não é uma constante em sua alimentação e não pretendo que seja.

    ResponderExcluir
  2. Então somos do mesmo planeta!!
    Vamos aumentar nossa população! kkk
    Absurdo darem alimentos tão prejudiciais para organismos ainda tão frageis e em formação! Estão formando que tipo de hábito alimentar e saúde?
    Beijossss

    ResponderExcluir
  3. Prentendo fazer o mesmo com meu filho, e desde ja estou mudando a minha alimentaçao e a do meu marido para darmos o exemplo. bjos

    ResponderExcluir
  4. ADOREI! Pretendo fazer o mesmo com minha princesa!
    Deixa eu te contar do que tenho medo. Tenho medo que os avós estraguem, sabe? Minha irmã passou por isso! Sabe como é criança né?! Adora doçura! Minha irmã cuidava da alimentação da minha sobrinha e quando ela ia para a casa dos avós eles liberavam geral. Era até leite condensado direto da latinha. O meu medo é esse. O avós faziam de proposito pra criança gostar de ir lá, e imagina se não ia gostar de doçuras liberado.
    Como vou confiar na minha sogra, por exemplo? Minha filha estava com 20 dias e ela colocou um pirulito na boca dela. Segundo mminha sogra ela queria ver a menina de lamber. EU FIQUEI EM PÂNICO! Como vou confiar?
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi Susan!
    Você tá certíssima, quanto mais o paladar for influenciado por comidas saudáveis na infância melhor.
    Minha filha nunca tomou refrigerante e até hoje nem gosta que a gente tome, diz que faz mal pra nossa saúde...rsrs. Ela só toma suco e água.
    Hoje, após o almoço abri uma caixinha de bis, enquanto eu comi uns 6, ela comeu 2 e disse que tava bom, pois não presta muita doçura...kkkk. E eu de olho pra devorar a caixa toda....kkkk.
    Beijos e obrigado por compartilhar um pouco da sua experiência.

    ResponderExcluir
  6. Eu nem sei porque existe essas caras e bocas...
    Seja qual for a criação, alimentação que a mãe escolhe para o seu filho é problema dela...
    Eu sou super liberal co Davi na alimentação, mas não critico que da alimentos saudaveis sempre...
    Vai de mãe para mãe...
    Bjão

    ResponderExcluir
  7. @Geisa Fernandes
    Geisa, no seu caso a preocupação com a alimentação é ainda maior né. Pois a obesidade mórbida vem acompanhada de vários outros problemas de saúde.
    Se você tem essa consciência hoje, sorte da sua filha amanhã!
    Beijão.

    ResponderExcluir
  8. @Luana Macedo
    Luana, isso que você disse é verdade, "organismos em formação", imagina uma Coca-Cola no estômago de um bebê? Eu já vi isso viu!
    Coca-cola, desmancha um pedaço de carne (uma vez vi essa experiência na TV) imagina o estrago que faz no nosso estômago, e no de uma criança então. Pior que essa porcaria é gostosa, rs!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. @Greyce
    Greyce, meus parabéns!
    É dando o exemplo que conseguimos educar e ensinar.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. @Amanda Bruchado
    Amanda, já passei por isso viu (sogritcha) enfiou chantilly na boca do meu filho com poucos meses de vida, levei na boa, mais não gostei não. Olha, infelizmente vai ter gente que vai fazer cara feia e falar que você cria seu filho cheio de frescuras e numa redoma de vidro, que isso não é bom e coisa e tal. Mas se você não quer, converse numa boa com eles, diga que o que você pensa, que sua filha ainda terá muito tempo pra conhecer essas coisas e que você está apenas cuidando da sua saúde, para que ela cresça saudável.
    Ah, é complicado, mais as pessoas tem que entender né.
    Beijão.

    ResponderExcluir
  11. @Cida Kuntze
    Cida, jura que ela consegue comer só 02 bis? Menina, eu devoro em um minuto a caixa toda, hahaha!
    Ah, uma outra coisa super bacana para quem tem a possibilidade, seria de acrescentar pelo menos um alimento orgânico nas refeições.
    Outro dia assisti uma palestra com um produtor de morangos e ficamos bobos de saber como somos "envenenados" com tantos agrotóxicos. Os produtos orgânicos são um pouco mais caros, mais no fim compensa. É só pensar: melhor gastar um pouco mais com alimentos ou gastar no amanhã com remédios? Será que é coincidência hoje saber de tantos casos de pessoas com câncer?
    Se começar surgir uma procura maior pelos alimentos e produtos orgânicos, a tendência é os concorrentes abaixarem os preços, e nós podermos quem sabe só se alimentar de produtos 100% natural, aproveitando todas as vitaminas.
    Um grande beijo, e adorei ver meu post aqui.

    Feliz! :)

    ResponderExcluir
  12. @Rafaella
    Oi Rafaella, então, o motivo do post foi justamente por causa de algumas pessoas recriminarem meu marido por não ter dado refrigerante para meu filho e se gabarem em dizer que o deles toma refrigerante, MC Donald's e coisa e tal. Daí que eu fiquei pensando que existem pessoas que não lembram (ou não sabem) que uma criança está em formação e fase de desenvolvimento e que precisa de vitaminas no corpo (vitaminas que só são encontradas em alimentos saudáveis).
    Será que esses pais sabem que a criança precisa comer comida de verdade?
    Como disse no post, eu não sou radical não, Davi experimenta de tudo, tudo mesmo, mais me preocupo que para ele crescer saudável e sem problema de saúde, vai depender do que eu ofereço á ele.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  13. Vc esta certinha!!!!! Absurdo é dar um bocado de coisa carregada de açúcar, corante, conservante, sódio... aqui sou assim também, já fui mais radical, hoje menos um pouco, mas tmbém me sinto um E.T. rsrsrs
    beijos
    www.jeitinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Susan, não é absurdo algum vocês terem essas atitudes e conceitos com o filho de vocês. Optarem apenas por comida saudável, não levarem ao Mc Donald's e restrigirem o acesso ao refrigerante.
    Eu dou preferência a alimentação saudável, mas sou a favor do equilíbrio.
    Acho que a forma como cada família educa os seus filhos deve ser respeitada e nunguém tem que fazer cara de espanto.
    Ótima a sua participação aqui no Recanto.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Susan, amei sua participação aqui no recanto!
    Não acho absurdo algum a opção por uma alimentação mais saudavel, mas realmente muitas pessoas fazem cara de espanto e muitas vezes chegam a criticar.
    um beijo e seja sempre bem vinda aqui!
    Lauri

    ResponderExcluir
  16. @Sabrina Nery Luz
    Ah Sabrina, bem vinda ao meu mundo, haha!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  17. @Chris Ferreira
    Chris, concordo com o que você disse: EQUILÍBRIO.
    Procuro equilibrar um pouco de tudo, se ele me pede refrigerante, dou pra ele não ficar com vontade, mais não é um produto que ele tome constantemente.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  18. @Lauri
    Lauri, eu que AMEI estar participando.
    Beijão flor!

    ResponderExcluir
  19. Olá Susan
    Adorei seu post
    Já passei por isso quando meus filhos eram pequenos. Um terror ser criticada por tentar cultivar hábitos saudáveis em casa.
    Hoje vejo algumas amigas daquela época, com filhos adultos e obesos, tentando a todo custo fazer uma reeducação alimentar para melhorar a saúde e a aparência.
    Então, que cada família cuide de seus filhos
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!