História Mamãe Marcella

Vim, Vi e Venci

quarta-feira, setembro 19, 2012Mon Maternité

As mamães do Recanto das Mamães Blogueiras estão de sacanagem comigo, só pode! Na segunda-feira mamãe Lauri fez um post AQUI sobre chá de bebê e ontem a mamãe Cris Chabes fez um post AQUI sobre enxoval ... eu tô me segurando para não engravidar!

Mas você que está me lendo pode pensar "Ah Marcella, engravida ... quer coisa mais deliciosa que ter filhos?! Sophia já está uma mocinha, vai ajudar a cuidar do irmãozinho ou irmãzinha e, sem contar, que é bom ter companhia!" Concordo, mas temos que pensar que nem tudo são flores!

Não sei se você já conhece um pouquinho da minha história; Se já conhece o meu blog pessoal, o Mon Maternité?! Pois bem, vou fazer um resumão para você entender um pouco de como eu vim parar aqui!

Eu tinha vinte e um anos quando descobri que estava grávida. Eu morava com meus pais e minha irmã (que é cinco anos mais velha), cursava jornalismo numa universidade particular e namorava há uns, deixe-me pensar, uns seis anos!
Eu não era a mais apaixonada pelo curso que fazia, mas tinha planos de morar fora do país, aprender inglês, conhecer gente nova e voltar super antenada, pronta para trabalhar numa revista de moda. Depois de estabilizada no trabalho, iria casar, viver uma vida a dois plena e cheia de viagens; após alguns anos, filhos!

Tudo mudou numa quarta-feira chuvosa, quando minha mãe me perguntou se eu já havia "dormido" com meu namorado. Depois de inúmeras negativas, eu confessei; ela pediu para que eu levantasse a blusa e eu levantei! Minha mãe olhou minha barriga, colocou a mão e soltou "você está grávida, tem uma criança de uns três meses se não mais ai dentro". Óbvio que eu neguei, como eu estaria grávida e não sabia! Eu menstruava, não tive enjôo, náusea, dor de cabeça, desejo ... fora aquela vez que eu pedi pro namorado comprar um pote de haagen daz chocolate belga, sentei e comi tudo, sozinha, sem oferecer e sem culpa nenhuma.

Minha mãe comprou um teste de farmácia e após cinco minutos duas listras cor de rosa apareceram naquela tirinha de papel. Segundo as informações da bula do teste, uma listra significava negativo; duas listras positivo. Pelo teste de farmácia, eu estava grávida! Liguei para o namorado enquanto minha mãe ligava para o meu pai, minha irmã, meus avós e tios! Mas podia ser mentira né, vai que o teste de farmácia era mentiroso?!? Pior que eu fui na minha clínica geral só na sexta-feira, ela fez uns exames e confirmou a gravidez, mas sei lá porque pediu apenas uma ecografia, para ver a idade do feto; consegui horário para o mesmo dia! Eu e namorado fomos, um médico me examinou, disse que eu estava grávida de uns sete ou oito meses - OI?!? Fez o exame em cinco minutos, onde me informou: 
* 26 semanas
* 32 cm
* 850 g
*Data Prevista do Parto  06/02/2009

Ali eu tive certeza de que eu não tinha mais uma vida independente! Eu era dois corações, quatro olhos, oitenta dedos e duas vidas: eu estava grávida
Dizer que fiquei radiante, feliz, dando pulos de alegria ... jamais! Queria sumir, desaparecer. Não tive chá de bebê, morei com meus pais até Sophia completar dois meses, as roupas delas foram sendo guardadas na cômoda do meu quarto e tudo era aproveitado em promoções, afinal de contas, eu trabalhava com a minha mãe sem nenhum tipo de remuneração e meu namorado apenas fazia faculdade!

Decidimos morar todos juntos, eu, papai e princesa! Foi um dos piores momentos da minha vida! Ele morava com a mãe, que iria sair da casa no Natal e saiu só na Páscoa. Sophia tinha apenas carrinho, bebê conforto, moisés e uma cômoda. A minha casa, que de minha não tinha nada, ficou com toda a decoração da sogra ... na verdade, a decoração daquilo que ela não queria mais, porque o que ela queria, levou tudo!

O tempo passou ... a depressão foi embora e a vontade de querer viver chegou! Voltei a trabalhar com a minha mãe para poder ver gente, sair de casa! Sophia foi para a escola com seis meses. Quando Sophia completou um ano, decidi compartilhar um pouco da minha história com mulheres, mamães, gestantes e/ou tentantes! Hoje estou aqui, no Recanto das Mamães Blogueiras!

Mas o que a minha história tem a ver com engravidar novamente?!? TUDO! Quando descobri que estava grávida, me perdi! Foi tudo interrompido, atropelado e sem o brilho que um filho traz na vida! Agora que eu posso viver e aproveitar minha princesa, curtir tudo o que eu não curti há quatro anos para começar tudo mais uma vez e, quem sabe, neste momento, deixar de curtir mais uma vez?! 

Mamãe Lauri e Mamãe Cris, muito obrigada pelos posts inspiradores, mas, por enquanto, não irei planejar chá de bebê ou um enxoval






VEJA MAIS POSTAGENS

16 comentários

  1. Ah!!! Mas é assim mesmo eu se pensasse mais, só de pensar em começar tudo de novo não dá vontade de engravidar. Mas engravidei numa ovulação tardia e tudo de novo. Estou passando muito mal e até agora pensa, aquela gravidez toda complicada e com muito repouso??? Mas, tudo vai passar e já planejo em fechar a fábrica, está bom 2... Cris

    ResponderExcluir
  2. Sim, venceu! Ah vai chegar a hora certa...

    ResponderExcluir
  3. Pois é...
    eu estava querendo engravidar, mas tb estava passando por coisas que me diziam que era melhor não engravidar...
    aí? Engravidei no susto...
    agora, vou aproveitando o que tem de melhor...
    Meu garotão vai ganhar um irmãozinho!!!

    ResponderExcluir
  4. Coragem e perseverança!!! tudo na nossa vida tem um proposito!!!

    ResponderExcluir
  5. vc eh inspiraçao!
    Na hora certa acontece.... Deixa fluir!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. ...traigo
    ecos
    de
    la
    tarde
    callada
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION


    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE LEYENDAS DE PASIÓN, BAILANDO CON LOBOS, THE ARTIST, TITANIC SIÉNTEME DE CRIADAS Y SEÑORAS, FLOR DE PASCUA ENEMIGOS PUBLICOS HÁLITO DESAYUNO CON DIAMANTES TIFÓN PULP FICTION, ESTALLIDO MAMMA MIA,JEAN EYRE , TOQUE DE CANELA, STAR WARS,

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir
  7. Caramba, como vc descobriu tarde rs...
    Menina, que susto einh, imagino o quanto deve ter sido dificil...
    Mas hoje vc esta ai ganhando seu dinheiro, com a pequna grande e podendo aproveitar ela!!!
    A hora certa do segundo vc vai saber ;)
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Qualquer semelhança é mera coincidência, um dia conto a minha história, no mais, que bom que o tempo passa e o que era p ser absurdo se torna normal quando vira passado, imagino seu susto, descobrir uma gravidez tão avançada sem nem desconfiar dela! É uma história bacana embora só vc saiba o que passou, mas que bom que hj pode ser tudo diferente e vc até se sentir motivada a viver uma outra história, sem que isso jamais diminua o amor pela Sophia! Parabéns! bjooooss

    ResponderExcluir
  9. Marcella, no final tua princesa trouxe novas cores pra tua vida.
    Uma próxima gravidez, no tempo certo vai acontecer, deixa tudo nas mãos de Deus e sejas feliz querida.
    Super beijoooo.

    ResponderExcluir
  10. É...realmente sua experiência foi bem impactante! rsrs E natural pensar como vc está pensando. Mas se pintar a vontade de ser mãe novamente, deixa rolar!! Eu estou na segunda e está sendo tuuudo diferente pq cada gravidez é uma experiência única e incomparável! Além disso, vc pode usar toda a sua experiência a seu favor! bjs Camila Vaz

    ResponderExcluir
  11. ah...não pensa assim...gravidez planejada é tudo diferente, cada segundinho vivido e registrado. Agora você tem sua princesinha pra te ajudar que embora não veio de uma gravidez premeditada pode tornar sua vida tão inusitadamente linda...um bebê esperado é muito mais prático. Você vai amar...tenta tenta tenta!!! E depois conta tudo pra gente...

    ResponderExcluir
  12. Bela história! Tive dois filhos sem planejar, mas sempre queria o terceiro planejado. No entanto já desisti, pois minha felicidade está completa assim...
    Eu já era casada, mas morava com a sogra e construía minha casa quando tive minha primeira filha (hoje 17 anos). Depois de 5 anos estava no segundo ano da faculdade, quando engravidei do meu filho (hoje 11 anos).
    Venci como você...
    Talvez foi mais difícil, mas não deixei de viver e ser feliz...
    Abraço!

    http://educacaoinfantilnaescola.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho vontade de dar uma irmã para a minha Laura, porém, falta-me coragem. Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Marcella, sua história é linda. E eu te admiro como mãe, é verdade sim.

    Já me deu vontade de ter outro baby, mas não é assim, né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. pela sua experiencia te dou toda razão de nao querer!! agora planejando é muito diferente, voce pega o melhor momento pra evitar situações complicadas, apesar de que nunca vai estar 100%, mas cada uma sabe a experiencia que teve e sabe o que faz, eu quero outro, mas so daqui uns 3 anos

    ResponderExcluir
  16. Filhos são sempre bençãos!

    Quando vc estiver preparada vai acontecer e e dessa vez vc vai poder curtir tudo!

    Adorei o post.

    Beijjos

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!