Adolescência Cris Chabes

Meu primeiro amor

terça-feira, dezembro 11, 2012Cris Chabes

A filha chega em casa suspirando! O filho passa um litro de perfume e agora toma mais banhos que antes! O que isso quer dizer?

Aquele momento que jamais nos esquecemos! O primeiro amor!

imagem do google
Mas como pais como lidar com esse momento na vida dos nossos filhos adolescentes? Será que podemos ajudar? Será que eles querem ajuda?
Será que eles estão namorando ou ficando?



Ao contrário do que os pais pensam, ficar é o mesmo que permanecer, estar por um grande período. Então ficar para eles é como namorar para nós? 

Desde o início da adolescência, por volta dos dez ou onze anos de idade, jovens tem tido a atitude de beijar sem compromisso, sem ter obrigação de assumir um relacionamento com a pessoa que beijou. Isso expõe os adolescentes a situações que envolvem emoções, já que nem sempre eles sabem se aquele beijo era amor ou apenas desejo. E o que é amor ou o que é desejo? 
Chegou a hora de conversar sobre sexualidade, sem aquelas histórias que nos contaram. Não se esqueçam eles vivem na hora da informação e se os pais não conversarem, as redes sociais o farão.



Falar de sexualidade é importante, sem esconder informações, pois dessa forma, num jogo aberto, os pais demonstram segurança e credibilidade nos filhos, podendo sugerir que ainda são muito jovens para iniciar uma vida sexual. Além disso, é importante discutir sobre doenças sexualmente transmissíveis, gravidez e métodos contraceptivos, como forma de alertá-los de possíveis problemas que podem aparecer com a sexualidade.

imagem do google
É melhor resolver a situação à base do diálogo e da amizade, pois assim, os filhos não perdem a proximidade com os pais, mas compartilham com os mesmos suas emoções e suas dúvidas sobre relacionamentos amorosos, pois sentem-se seguros e com liberdade para expor seus sentimentos e idéias.

Tentar proibir os namoros pode ser uma atitude que afaste os filhos ou que estes façam coisas escondidas. O melhor mesmo é primar pela amizade e pela confiança na família, essa será a maior conquista. Mesmo por que essa fase é maravilhosa. 

Beijocas
Cris Chabes

No próximo post falaremos dos conflitos que acontecem no primeiro namoro. 

VEJA MAIS POSTAGENS

11 comentários

  1. Que saudade da minha adolescência.
    Acho super importante essas dicas para lidar-mos melhor com eles.
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Nossa a adolescência com certeza foi uma fase maravilhosa... Achar que ama um menino, e que nunca mais irá amar mais ninguém. Falta muito para chegar nesta fase com o Isaac, mais com certeza irei aprender junto... rsrs
    Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  3. Acho primordial que os pais seja amigos dos filhos. Adolescência é uma fase tão gostosa, mas tbm cheia de inseguranças, acho que os pais devem oferecer esse suporte, sendo companheiros!

    Espero ser muito amiga do meu filho e principalmente ESCUTAR sem JULGAR ao mesmo tempo! Escutar, compreender e conversar sobre a melhor saída!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. com certeza na base do dialogo
    tudo se resolve.
    (mais nem quero imaginar isso agora rsrsrsr)
    linda tarde

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Cris, adorei o Texto, como já tenho filhas adolescentes já estou vivenciando esse período, principalmente com a mais velha, a primeira decepção já veio, jé enxuguei suas lágrimas e já chorei escondido por vê-la sofrer! Affff não é fácil não! Bjooosss

    ResponderExcluir
  6. Falta muito ...(espero)

    Adorei o texto. Bjs

    http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. O interessante é lembrar da gente nessa fase. Tudo parece tão definitivo! Uma briguinha e o mundo desaba! O bom é saber (e tentar mostrar) que tudo passa...
    Rosa
    www.lepaquet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. oi pessoal um belo dia pra todos visitem o blog do pequenotravesso.
    www.peuqenotravesso.bebeblog.com.br obrigda pela atenção

    ResponderExcluir
  9. Cris, eu observo que este momento do primeiro amor acontece cada vez mais cedo nos jovens, acho bem importante o apoio e presença dos pais.
    Por aqui deve demorar bastante ainda... graças a Deus, assim dá tempo para eu me preparar...rsrs
    um beijo amiga

    ResponderExcluir
  10. Ainda bem que estou beeeem longe dessa fase...rsrsr Dei mto trabalho pra minha mãe, espero que minha filha me dê uma folga...rs bjs Camila Vaz

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!