Aprendizado Colaboradora

Ninguém nasce sabendo...

sábado, dezembro 15, 2012Recanto das Mamães Blogueiras


Por Camilla Penno, do blog Nosso rei Arthur

Google Imagens


Eu sempre dizia a todas as minha amigas:
" EU NASCI PARA SER MÃE "

Tudo o que eu mais queria era um pedacinho meu para amar e cuidar, como toda mãe em potencial tinha minha filosofias imutáveis:
1 - Parto natural
2- Amamentação exclusiva no seio e em livre demanda
3- Chupeta é do Mal
4- Cama compartilhada
5- Slings
Entre outras tantas....

Já na gravidez uma dessas filosofias caiu por terra, a do parto natural, não senti confiança aqui em Cuiabá de realizar o parto natural com nenhum obstetra, porque, não que eles sejam ruins, mas ele não dispõem do tempo necessário e atenção para o parto natural, fiquei com medo e também um problema com plano de saúde e grana curta me fizeram optar por uma cesariana.

A amamentação foi o que me deixou mais triste, pois eu realmente gosto muito de amamentar, mas ver seu filho 3 meses seguidos ficar abaixo do peso na consulta com o pediatra me fizeram refletir e introduzir a fórmula para ver ser regularizávamos o peso do bebe, e olha que eu tentei de tudo para aumentar o leite, era exclusivo no peito o dia todo, tomei cerveja preta (mesmo sabendo que é mito), canjica, sucos, muita a água mais nada adiantou...mas o Arthur está indo muito bem obrigada com o Nan Confort e ainda mama no peito, intercalo as mamadas.

A MALVADA da chupeta eu assumo foi tudo culpa minha, mas quando ele começou a fazer o meu peito de chupeta e só dormir mamando e quando eu tirava do peito ele ainda acordava, ahhh não tive duvida, chupeta nele!!!! Hoje não me arrependo, ainda , quando for pra tira-la eu conto a vocês.

A cama compartilhada foi outro item que não deu certo comigo, apoio quem consegue porque eu não durmo nada, travo, fico com dor nas costas, não me entrego no sono, e ele já dorme a meio metro da minha cama tá bom né!!

E os Slings, AMOOOO, acho lindo, prático, MASSSS, aqui em Cuiabá não tem muitas opções e as que eu testei não senti um pingo de segurança então apelei para o bom e velho Canguru que está funcionando bem.

Resumindo hoje descobri que ninguém nasce para ser mãe, se aprende a ser mãe quando esses pedacinhos do céu chegam e viram nosso mundo de ponta cabeça, estou aprendendo cada dia mas sei que ainda vou errar muito, mas erro tentando acertar, por amor a você filhote!!

Camilla por Camilla: Sou a Camilla Torres Penno Ribeiro, 24 anos, casada há 5 anos com Aleandro Ribeiro, enfermeira, mãe de primeira viagem do Rei Arthur, aprendendo, errando e acertando porem o mais importante vivenciando esse amor incondicional.


Participe também deste espaço enviando um email para recantodasmamaes@yahoo.com

VEJA MAIS POSTAGENS

14 comentários

  1. Oi!!!É verdade ninguem nasce sabendo...
    Mas vamos vivendo, aprendendo e fazendo o nosso melhor..
    Um lindo final de semana...
    Beijinhoshttp://meusamoresvariedades.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que legal ver a Camilla aqui!
    E é verdade, depois que as crianças nascem, a gente tem que rever muitos conceitos! E depois rever as mudanças que fizemos, pra depois refazer de novo! hahaha

    Acho que a gente está sempre mudando algo, pra melhorar nossas vidas! =)

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Camila nem tudo é um mar de rosas.
    A gente realmente precisar viver dentro da nossa realidade e aceitar tudo em prol do bem dos nossos filhos.
    Bjks

    ResponderExcluir
  4. Oi Camila, tb tive problemas com a amamentação apesar de querer muito.

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Estou passando para desejar um final de ano abençoado e um 2013 especialmente feliz!
    Tb vim lembrar que segunda é o último dia para concorrer a BRINQUEDOS geniais da Xalingo lá no meu blog: coisasdamaura.blogspot.com.br/2012/11/concurso-cultural-natal-especial-com.html
    Boas Festas!!!
    Abçs, Maura

    ResponderExcluir
  6. Já está chegando o Natal
    ‘*’
    ‘*’ ‘*’
    ‘*’ ‘*’ ‘*’
    “””U”””
    Quero ser uma das primeiras pessoas a lhe enviar uma árvore de Natal.
    Tenha um fim de semana abençoado.
    Bju
    Toninha

    ResponderExcluir
  7. Ai querida não é facil ne rs..
    Achamos que ja sabemos tudo e quebramos a cara...
    Mas aprendemos, acho que no segundo filho estaremos craque ;)
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Camilla,

    Mesmo sendo mãe há pouco tempo, também tive de lidar com meus mitos caindo por terra. E acho que temos de lidar bem com as coisas que não funcionam exatamente como gostaríamos. Cada criança é uma criança e não dá para estabelecer regras. Ainda acredito que o mais importante é fazermos escolhas buscando o melhor para nossos filhos. E tenho certeza de que assim foram feitas! =)

    Beijos,
    Patricia

    http://confissoesdarecemcasada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Genteee que alegria ver meu post aqui, obrigada a todos os comentsrios e a equipe do recanto.

    ResponderExcluir
  10. Lindo relato!
    Também quero contar a minha experiência, bjss
    http://cphilene.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Que legal, super sincero, verdadeiro. Muito bom. Beijo Camilla

    ResponderExcluir
  12. muito legal seu post... É bem isso a gente só aprende a ser mãe quando nasce o filho, antes disso, tudo não passa de teorias. Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Olá adorei seu texto
    Ninguem nasce sabendo. Eu aprendi que todos os dias aprendemos com nossos filhos, nossos amigos, nossos familiares.
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir
  14. Nossa, falou tudo!Eu também era contra chupeta, mas minha filha chorava tanto que eu não tive outra opção...Santa chupeta!!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!