Blogosfera Materna Colaboradora

Perfeição Materna

sábado, dezembro 22, 2012Recanto das Mamães Blogueiras

Por Paula Martinelli, do blog Minha Maternidade






Tudo o que eu mais quero nessa vida é ser imperfeita, quer dizer, ser perfeita do meu jeito. A blogosfera materna é um canal de comunicação, tem que ser prazeroso, divertido, tem que ser natural. Muitas mães autoras, assim como eu, ficam com receio de escrever sobre esse ou aquele assunto, não deveria ser assim. Blogs são feitos para troca de experiências, para registros pessoais e não para julgamentos. Críticas sempre são muito bem vindas quando tem a intenção de ajudar, agora existem criticas que são até ofensivas.

Eu nunca passei por situação nenhuma que me magoasse ou algo do tipo, mas tenho lido muito sobre isso nos blogs. Mães que abriram suas vidas e foram julgadas por isso.

A maternidade é algo mágico, crescemos junto com os nossos filhos. Ninguém nasce sabendo ser mãe, aprendemos isso no dia a dia. A forma que eu crio a Catarina, com certeza, é diferente da sua e da fulana, e nem por isso é melhor ou pior. É apenas diferente. Tudo o que eu quero para minha filha é que ela seja feliz, e sinceramente, isso não tem nada a ver com o fato dela já ter provado chocolate ou comido papinha industrializada.

Eu nasci através de uma cesárea na década do Leite Ninho. Assistia televisão o dia inteiro e comi muita Junk Food. Sinceramente, adorei a minha infância e sou muito feliz agora. Não tenho trauma por ter nascido através de um ato cirúrgico (alguém tem?), não sou dependente de televisão e tenho hábitos alimentares extremamente saudáveis. Minha mãe me criou da melhor maneira que pode. Só tenho que agradecer. Amor e carinho nunca me faltaram!!!

Não estou fazendo apologia a nada disso. Não acho que isso seja “perfeito”, mas também não condeno nenhuma dessas atitudes. Fazer ou não uma cesárea, conseguir amamentar ou não, só diz respeito a mãe. Cada mulher sabe o que é melhor para a sua cria e quais são os limites do seu próprio corpo. Não tem vergonha nenhuma nisso.

Este post é apenas para dar apoio a todas as amigas mães que foram  condenadas virtualmente por só quererem o bem dos seus filhos. Afinal, ninguém ama mais o seu filho do que você.

Vamos aceitar e admirar as diferenças, ok?! Seria muito chato se todos pensassem, agissem e criassem da mesma forma.

Paula por Paula: Já fui muitas coisas na minha vida, desde idealista a um mundo cor de rosa a veterinária formada. Fiz algumas escolhas e outras foram impostas e aceitas. Sou muito feliz com a minha vida e com a família que eu tenho. Sou mulher, sou filha, sou esposa e... finalmente, sou mãe. Hoje... sou completa.


Precisávamos encerrar a Seção Colaboradores esse ano com este texto da Paula Martinelli, desejamos que no próximo ano e nos seguintes possamos ver muito respeito, tolerância e demonstrações de amizade na nossa querida Blogosfera Materna, onde há espaço para todas!

Participe também deste espaço enviando um email para recantodasmamaes@yahoo.com.br
Equipe Recanto

VEJA MAIS POSTAGENS

12 comentários

  1. Adorei!É isso mesmo, nao existe a perfeição, nem na real, nem aqui é simples né, BjOO enorme querida!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o seu post Paula,
    O mundo não é perfeito e não adianta querer ser perfeito. Cada um vive em uma realidade e basta a todos os leitores respeitar as diferenças.
    Bjks

    ResponderExcluir
  3. Perfeito, perfeito perfeito! Ainda tenha a esperança de que os blogs maternos um dia serão assim! Do jeito que eram antigamente, tão delícia!
    Hoje temos muitooossss blogs maternos, e infelizmente muitas mães pintando o que não são!
    Beijosss!

    ResponderExcluir
  4. apoiado Paula
    concordo contigo viu
    mais as vezes recuo
    também, parece que não posso
    falar de certas coisas no meu blog
    lindo dia bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Verdade Paula, precisamos respeitar as pessoas pelas escolhas que fizeram... concordando ou não com as escolhas das amigas, respeito é tudo!
    Ótimo post para encerrarmos a seção colaboradora do ano, adorei!
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Muita coisa eu não escrevo paula justamente por isso, por que sei que se eu falar, vao vir um monte me apedrejando por causa disso, nao deveria ser assim, mas prefiro evitar desafetos sabe? Cada uma sabe o que é melhor pros filhos, mas tem gente que quer criar a formula da maternidade!

    ResponderExcluir
  7. Oi Paula!
    Adorei seu post querida.
    É isso mesmo, precisamos respeitar as pessoas e a sua forma de pensar. Se concordar ou não, isso é com cada um, mas nem por isso temos que ficar criticando o que escrevem, seus desabafos...
    Eu gosto muito de ler nos blogs as sinceridades das mamães, pois a gente se identifica com muitas.
    Super beijo e um feliz natal e um ano novo muito abençoado.

    ResponderExcluir
  8. Paula,um excelente texto e não nascemos sabendo como ser mãe!Isso vamos aprendendo com a experiencia!Obrigada por seu carinho e feliz Natal a vc e toda equipe do blog!bjs,

    ResponderExcluir
  9. Paula, adorei seu texto e a maneira como falou de algo que há algum tempo vem de "chateando" na blogosfera materna: não poder ser sincera!

    Agora é tudo sobre parto humanizado, amamentação em livre demanda, nada de babás e/ou escolas ... e se eu simplesmente não quero amamentar, um monte Everest é jogado contra a minha pessoa, por exemplo!

    Não existe mais aqueles comentário do tipo "Gostei do seu texto, mas não concordo com você, porque se você olhar por esse ângulo, poderá observar isso isso e isso ...." não, o comentário já é do tipo "Que absurdo isso que você está dizendo" e já saem te criticando nas redes sociais! Cade a liberdade de expressão!?!?

    PARABÉNS!

    Beijos, Má <3
    www.monmaternite.com

    ResponderExcluir
  10. Comentei o post da Paula lá no blog dela.

    Concordo com o comentário da Marcela, muito verdade isso. Tenho passado maus momentos por causa de fofoquinha por aí.

    Amo vcs! Parabéns Paula pelo lindo texto!

    Genis

    ResponderExcluir
  11. Paula adoro esse seu post!!! Já o li antes em seu blog, eu me lembro, foi logo quando iniciei o meu blog!!! Post muito verdadeiro e que muita mãe deveria ler!! Ser mãe é ser simples assim! Não tem segredo! Nossos blogs são para isso, contar nossa histórias, guardar como lembrança tudo detalhado para nossos filhos, dividir experiências! Definitivamente não estamos aqui para sermos julgadas pelo que escrevemos, que simplesmente é a nossa realidade, nossa vida!

    Beijos para vc e a Catarina!!!!

    ResponderExcluir
  12. Ahhh muito interessante esse blog! Não o conhecia estou seguindo! Parabéns!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!