Fases Mamãe Lauri

As dores do crescimento

segunda-feira, maio 06, 2013Lauri Sousa


Já ouviu falar que crescer dói? ou tem recordação de alguma fase da sua infância em que sentia dores nas canelas normalmente à noite? sem inchaço, sem vermelhidão, sem inflamação, sem febre ou outro mal estar, apenas a chatinha da dor... essa é a chamada dor do crescimento

Estudos mostram que cerca de 30% das crianças entre 3 e 13 anos podem apresentar este tipo de dor nos braços ou pernas.
Este incômodo não é uma doença, mas qualquer dor é sempre importante investigar. 

A dor: Surge mais à noite, nas pernas, na região das coxas e panturrilhas, também pode ocorrer nos braços. É uma dor difusa, freqüente ou esporádica. 
Causas: As causas das dores de crescimento são desconhecidas, mas há hipóteses sobre as causas, a principal é que trata-se de um desequilíbrio no ritmo de crescimento dos ossos, tendões e músculos. Um pode se desenvolver de forma mais acelerada que outro. Quando se igualam, a dor pára. Componentes emocionais e hereditários podem fazer parte do quadro.

Tratamento: Normalmente não é necessário. Bastam massagens e compressas quentes para aliviar a dor. Atividades de menor impacto, como a natação podem diminuir as crises de dores de crescimento. Se ela for muito intensa e constante, consulte o médico para outras orientações.

Beijos e uma semana abençoada a todas!
Mamãe Lauri


VEJA MAIS POSTAGENS

8 comentários

  1. Ih! Meu filhote tem 5 aninhos e de vez em quando reclama de dores nos braços e nas pernas! Não sabia dessa tal doença do crescimento...Obrigada pelas informações. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá meninas!!!
    Já tinha ouvido, minha aluna na época com quatro anos sempre reclamava de dor nas pernas...E o pediatra sempre dizia que era normal, fazia parte do crescimento...
    Beijinhos e uma linda semana
    http://meusamoresvariedades.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá queridas mamaães!! Depois de um certo tempo estou voltando... Já havia lido sobre isto... Muito importante. Cris

    ResponderExcluir
  4. Oi Lauri!
    Minha sobrinha sofreu muito com isso, mas na época não se falava em dores do crescimento, a minha avó achava que era reumatismo que ela tinha...rsrs. Todas as noites antes dela dormir tínhamos que fazer massagem, colocar os pés dela na água quente, enfim... ela sofreu muito com isso. Agora já é mão de 2 filhos e é alta e magra. Ela iria ser bem alta, acho que isso ajudou a doer mais...rsrs. Tadinha.

    Mas também conheço um caso mais recente que o médico não deu muita atenção pra dor nas pernas de um pré-adolescente. Ele tinha dores fazia um tempo e o médico dizia que era dor do crescimento. Mas um dia o rapaz ficou com dores insuportáveis, e foi descoberto uma doença bem séria, que se tivesse sido investigada antes, ele poderia ter tido um tratamento bem melhor e não ter sofrido tanto.

    Tem casos e casos, tem que se investigar mesmo.

    Beijos querida e boa semana pra Você e pra TODAS do RECANTO.

    ResponderExcluir
  5. Muito interessante...me lembrei de um dor "engraçada" que eu sentia rsrsrs nunca esqueço pq eu chamava assim: dor engraçada. E agora lendo vi que era a dor do crescimento :-)

    www.leticiapsicologa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Lauri! Que ótimo tema... eu senti muito as dores do crescimento na adolescência. Inclusive, tive que ser carregada no colo pelo meu pai uma vez por não conseguir nem firmar os pés no chão. Tomei cálcio e outras coisas q não lembro e melhorei. bjs Camila Vaz

    ResponderExcluir
  7. Oii Lauri, me lembro bem desta frase "é dor de crescimento", kkk cresci ouvindo minha mãe me dizer isso, todas as dores eram dores de crescimento rsrs, se era eu não sei, mas hj digo o mesmo as minhas filhas rs, mas sem duvida não podemos generalizar, temos que investigar sim! bjooooss, estive ausente do Recanto por que estava viajando, e qdo viajo tento me desligar de tudo! bjooos

    ResponderExcluir
  8. Eu não tive, mas a minha irmã sofreu muito com essas dores! Adorei o post!

    beijos!

    Lívia.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!