Doação lembranças

Hora de doar, como os meus pais!!!

terça-feira, junho 11, 2013Cris Chabes

Hoje conversando com uma amiga, cuja filhota fez aniversário de 2 anos e ganhou um monte de brinquedos lembrei-me da época em que os meus filhos eram pequenos e que após as festas o apartamento que já era pequeno ficava ainda menor com tantos brinquedos. Era chegada a hora de doar os brinquedos que não brincavam mais.

Daí lembrei que fiz um post sobre o assunto e voltei com ele para saber de vocês o que as crianças hoje tem feito com tantos brinquedos que nem usam mais. 

Segue o post:
Nossa quanto presente você ganhou! Está na hora de retirarmos alguns para doação, certo!!

Todo ano é assim, aniversário ou natal, os filhos ganham presentes do pais, avós, padrinhos, tios, amigos da família ou amigos do colégio.


O armário fica abarrotado de jogos, carrinhos, roupas. Mas em casa desde pequenos meus filhos se acostumaram a doar brinquedos e roupas que não são mais usados com tanta freqüência.

No inicio de cada ano (período de férias) faço aquela arrumação nos armários e retiro aquelas peças de roupa que não servem ou não foram usadas (nada de roupa rasgada ou desbotada, isso vira pano de limpeza), retiro brinquedos e objetos que foram encostados (teclado de computador, telefone que foi trocado, toalhas de banho, lençol, bolsas, tênis ou sapatos, enfim é hora de renovar energias (para mim tudo que um dia vai ser útil, mas que não estou usando há mais de um ano, deve ser doado). E meus filhos aprenderam isso.
Nem sempre foi fácil se desfazer daquele carrinho que há muito tempo estava no fundo do cesto e que eles nem lembravam mais que existia, mas o hábito levou ao desapego.

Lembro-me uma vez, que enchi duas sacolas com brinquedos (que embrulhei cuidadosamente em pequenos saquinhos amarrados com fitinhas coloridas) e saímos pela rua passando por todos os faróis em que haviam crianças. Olhava pelo retrovisor quando o carro partia e meus filhos dentro do carro ficavam observando seus brinquedos divertindo outras crianças que até se esqueciam o que estavam fazendo nas ruas de São Paulo.


Hoje, quando chega essa época, meus filhos (27 e 22) já sabem que está na hora de desocupar o armário e já começam a dizer: “mãe, vou deixar algumas roupas aqui na cama para você doar, ou mãe vê se alguém quer esse tênis que não uso mais” .

Não tenho dúvidas , eles levarão consigo, pela vida, essa prática. E talvez um dia eles também olhem pelo retrovisor e possam se lembrar de seus brinquedos nas mãos de outras crianças, mas agora com os brinquedos de seus filhos.

Beijocas
Cris Chabes

VEJA MAIS POSTAGENS

10 comentários

  1. Adorei seu post Cris.
    Eu sempre prezo a doação do que não serve mais para nossos filhos, tanto roupas como brinquedos. Acho lindo essa atitude em deixar outra criança feliz.
    Odeio brechós dos filhos #prontofalei
    Bjks
    www.maevaidosa.com

    ResponderExcluir
  2. Acho essa pática da doação de extrema importância. Sempre fui de doar o que não uso mais e que está em bom estado e quando me tornei mãe, esta prática continuou. Muitas vezes a doação é para pessoas da família mesmo, com as crianças mais novas herdando os pertences das mais velhas e como agora ganhei uma irmãzinha mais nova do que minha filha, ela é a herdeira. Mas achei linda a sua iniciativa de sair dando às crianças na rua, elas realmente são as que mais precisam. Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Doação sempre é importante...
    Fz bem para quem recebe e para quem doa!
    Adorei o post de hj!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Cris é isso mesmo
    a minha filha tem 9 anos e
    já sabe direitinho essa lição
    comecei a fazer isso bem cedo
    com brinquedos e roupas
    hoje ela com 9 anos anos separa
    o que quer e o que não quer para fazer
    doação, me sinto muito feliz.
    " Ensina a criança no caminho em que ela deve
    andar e quando ela se envelhecer não se desviará dele."

    lindo dia bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oii Cris, olha eu nunca fui de acumular brinquedos em casa, minhas filhas sempre escolhiam o que iam doar, eu só dava um empurrãozinho rsr , porém uma época morei em casa e a casa tinha uma brinquedoteca linda que eu fiz para minha filha mais nova, nesta época acumulamos muitos brinquedos mas qdo fomos nos mudar, sentei com ela e fiz ela escolher apenas alguns,como eu trabalhava na APAE doava tudo por lá, um dia minha filha doou uma bicicleta na porta de casa, ficou oferecendo p quem queria até uma mulher com uma criança pegar, foi rápido rsr Bjoooos

    ResponderExcluir
  6. Cris,
    Verdade, muito bom poder fazer uma criança feliz. E ainda ensinar o desapego, a doação, o compartilhamento. Valores nobres hoje em dia e que temos que tentar preservar em nossos filhos.
    Bjo!

    ResponderExcluir
  7. Adorei a idéia de doar para crianças de rua,nunca tinha passado esta possibilidade pela minha cabeça.Penso e ajo da mesma forma que vc,não gosto de ver roupas sem uso encostadas no armário,doo mesmo,até novas,com etiqueta.
    bjinhos.

    ResponderExcluir
  8. Doar é muito importante e criar esse hábito nas crianças é imprescindível.

    Excelente post!

    Recebi atualização,pois o blog está na minha listade favoritos.


    Beijos


    Donetzka

    ResponderExcluir
  9. Estou ensinando meu pequeno a fazer isso doando quando não quer, mas ou quando não da mas nele eu sei que vai se vi pra outras
    www.samukatraquina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Aqui em casa também temos costume de fazer as doações, e estou começando a trabalhar isso com meu filhote, essa semana ele escolheu um dos seus carrinhos e levamos no hospital para um menino carente que estava lá internado, adorei a idéia das crianças no semáfaro, aqui em Montenegro não vemos muito, mas quando for a Porto Alegre, com certeza vou levar uns presentinhos.

    Beijos
    Quézia Silva
    http://kemuelpresentededeus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!