campanha de vacinação Saúde

Campanha de vacinação para meninas de 11 a 13 anos

terça-feira, março 11, 2014Cléo Moretti

Meninas de 11 a 13 anos devem ter atenção à campanha que começa hoje em todo o Brasil e tem como foco a proteção contra o Papiloma Vírus Humano (HPV). A campanha “Cada Menina é de um jeito, mas todas precisam de proteção” será iniciada nas unidades de saúde e, de forma especial, nas escolas públicas, como forma de reforçar a sensibilização para a vacinação.


Cada menina deve tomar três doses da vacina para completar a proteção. A segunda dose deve ser tomada seis meses após a primeira. A última é aplicada cinco anos depois da primeira dose. Para ser vacinada, é preciso apresentar o cartão de vacinação ou um documento de identificação.

HPVA vacina do HPV só passou a fazer parte do calendário de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS) este ano. Em 2015, a vacinação será ampliada para as meninas de 9 e 10 anos. O Ministério da Saúde indicou perspectiva de vacinar 80% das meninas de 11 a 13 anos do País por meio da disponibilização da vacina em 36 mil postos em todo o País, além das escolas da rede pública. 

O foco nas meninas dessa faixa etária para a campanha de 2014 tem como argumento a melhor resposta de proteção que esse grupo pode apresentar, indicou o Ministério. A vacina usada será a quadrivalente, que protege contra quatro subtipos do vírus: 6, 11, 16 e 18 e é a recomendada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

Em todo o mundo, 70% dos casos de câncer de colo de útero são causados pelos subtipos 16 e 18. O câncer do colo do útero, uma das principais causas de morte de mulheres no Brasil, está associado à infecção pelo vírus HPV, por isso, a importância da vacina e do exame anual para as mulheres.

A transmissão do HPV ocorre por meio do contato com mucosas ou pele infectadas durante a relação sexual, assim como da mãe para o bebê na hora do parto.
A vacina, é importante ressaltar, não substitui o uso de preservativos, assim como a realização do exame papanicolau, que deve ser feito anualmente, em especial pelas mulheres entre 25 e 64 anos. 

Saiba mais:
O Ministério da Saúde indicou a realização de estudos para avaliar a redução da prevalência do HPV com a incorporação da vacina no SUS.

O HPVExistem mais de 150 tipos diferentes de HPV, 40 deles podem infectar o trato genital. Desses 40, 12 são considerados de alto risco e podem provocar câncer. Os demais podem causar verrugas genitais.

Na maioria dos casos, o HPV é eliminado pelo organismo de forma espontânea e não apresenta qualquer sintoma. Em outros, o vírus pode evoluir para doenças. 

Usar camisinha, realizar higiene pessoal e se vacinar são algumas formas de prevenção.

Essa é a minha dica de hoje.
Fiquem com Deus, beijocas

VEJA MAIS POSTAGENS

5 comentários

  1. Ótima indicação, orientação e divulgação. Estou conversando com algumas mães e elas estão com medo de deixar suas filhas tomarem a vacina. Elas acham que isso estimulará as filhas a terem relações sexuais mais cedo. Acho que seria super legal debater mais isso e tranquilizar as mães sobre o assunto.

    ww.paisqueeducam.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiii Cléo, graças a Deus o governo disponibilizou a vacina né, minha filha tomará na escola, não são apenas nas publicas, ela estuda em escola particular e tomará por conta do governo, já até assinei a autorização, ainda bem que se encaixou por pouco na idade, 13 anos, em Maio já faz 14 ufaa Bjossss

    ResponderExcluir
  3. a minha ainda não tem idade
    um incentivo
    para as mamães
    ficarem ligadinhas
    Nanda
    beijokas
    Linda Noite

    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  4. É bom divulgar
    A minha filha vai tomar na escola
    Bjs
    http://soumaedecinco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ótima dica! Muito bom lembrar isso aqui no blog! Parabéns, Cleo! bjs Camila VAz

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!