A mídia e a nossa vida

terça-feira, outubro 26, 2010Giovana


Olá meninas, meu nome é Giovana do blog http://www.amoresquesaoeternos.blogspt.com/ e hoje vamos conversar sobre as mídias, especialmente sobre a internet.

Visualize ess rotina:
Você entra na net, no seu blog, atualiza ou não, olha os blogs que costuma seguir. Abre o twitter (para quem usa, claro) olha as (inúmeras) mensagens, algo interessante te chama atenção, você clica, vê o que é..raramente lê até o final. Volta no twitter, liga o MSN, acha aquela amiga que não fala a algum tempo, começam conversar. Derrepente, on line aquele contato que você tinha que perguntar não sei oque, você chama, enquanto isso bate-papo com a amiga, twitter continua aberto, vai atualizando, abre um janela e clica num jornal que costuma acompanhar, dá uma olhada, vai tirando as tais dúvidas ou seilá o que com o tal contato, fala com a tal amiga, posta uma observação twitter, lembra de algo para colocar no blog, abre seus arquivos, sua tabela de compromissos na semana....e vai. Liga a TV, hora daquele programa interessante, notícias, mais um min. Propaganda de oferta do mercado onde você compra. Liga o rádio, notícias locais, música predileta e vai...
Contabilizou?
Quanto tempo faz que você está na internet? E na televisão, e o rádio, quanto tempo está ligado e você não está nem ouvindo mais?

Na internet, claro que variam as páginas consultadas, estou apenas dando um exemplo e nem estamos questionando se o conteúdo é útil, inútil, necessário ou desnecessário, mas verdade seja dita: por exemplo a internet morde isso e tempo do nosso dia!
Pensando nisso, comecei avaliar com outros olhos todas as notícias e informações recebidas diariamente em jornais, twitters, blogs, televisão, rádio e afins e observar isso como mulher e mãe que está criando dois cidadãos para o mundo.

Observei o comportamento de um modo geral e vim aqui dividir com vocês minhas observações.

A mídia têm força sobre a nossa identidade na sociedade e isso é real, você tem sua personalidade claro, mas diariamente está exposto à propagandas e programas que vão ditando de modo consciente e inconsciente a maneira e o estilo como vivemos.
Para as mães, as propagandas bombardeiam imagens de brinquedos, roupas, e tantos outros acessórios que a gente vai achando utilidade ou precisão neles.
Claro que tem o lado bom disso tudo, como postei semana passada os blogs de mães abriram espaço para um novo mundo, mães antenadas e de mente aberta para aprender e trocar experiências, mudar e melhorar.

Podemos escolher criar e recriar a medida que nossas opções se expandem ou se contraem.

Mas por sermos mães, exatamente por isso mesmo devemos estar atentas à isso.
Particularmente me policio, porque se bobear perco mais tempo na net por exemplo do que fazendo algo realmente útil. Até pelo curso que faço (jornalismo), sou tentada a ver tudo, estar por dentro de tudo e ainda participar. Mas não dá. Tenho dois filhos pequenos, uma casa, marido e faculdade para dar conta. Se eu me dispersar, por pouco tempo que seja minha rotina vai desandar e quem vai pagar o pato são meus filhos.

Minha vida é toda programadinha, tem que ser. Escrevo esse post que atualizo às terças, deixo ele prontinho. Meu blog, normalmente são textos curtos, quando não são é porque to contando sobre algo bem cotidiano e nada complexo, coisa rápida. Domingo a noite já planejo a semana, o dia, o mês. Cumpro? Posso dizer que a maior parte. Priorizo a hora do almoço do mais velho, o banho do mais novo, a casa limpa, e roupas em ordem. Como ainda amamento, e isso não tem hora para acontecer, tenho que fazer o possível para estar disponível o máximo de tempo possível para o bebê. O resto vou encaixando onde dá. Ainda assim de quando em vez, estou fazendo trabalhos da faculdade de madrugada.

Estou prestando atenção cada vez mais como uso meu tempo, para que ele não se disperse em coisas que talvez não vão me acrescentar nada naquele momento. Dou um tempo, quando estou mais light volto lá, vejo com calma.

A mídia através da internet que é meu foco hoje, deve ser bem usada para não virar um tiro no pé e acabar atrapalhando muita coisa dentro de casa ou fora dela.
Bom meninas, isto é um pouco da minha rotina. E a sua? Como você concilia as intervenções da mídia (TV, internet, rádio, revistas, jornais, até panfleto de supermercado..) na sua vida? O que elas acrescentam para você? No que ela te atrapalha? Como e o que você pode fazer para essa relação ser legal e produtiva?

Se responder aqui, vou ficar hiper feliz, mas se quiser responder só para si mesmo aposto que vai ser uma mão na roda da sua rotina.

Beijos e até a próxima.

VEJA MAIS POSTAGENS

10 comentários

  1. Poxa, me vi totalmente ao ler sua descrição. É isso mesmo que acontece comigo e já me vi por várias vezes ficando mais tempo na net do que deveria... Agora, com José Marcos estou praticamente sem assistir TV, pois qdo ela está ligada, está passando Galinha Pintadinha ou outros...rsrsrsrs
    Gostei da reflexão...
    Um super bj.

    ResponderExcluir
  2. A Internet nao atrapalha a minha vida porque eu nao me permito.
    Eu dependo muito dela para quase tudo, seja para manter contato com a família que está distante, seja para comprar algo sem precisar sair de casa, programar viagens, agendar pagamentos e etc.

    Aqui tenho uma rotina e a coisa é bem regrada, dias certos para as atividades do lar, meu menino tem uma rotina certa e seguida a risca. Sou muito chata com a questao da organizacao e a limpeza do meu apartamento.

    Sempre gostei muito de ler, no Brasil lia 2 jornais por dia, aqui consigo acompanhar uma revista semanal mas tenho uma crianca que demanda atencao.
    E assim como voce ainda amamento, largo tudo o que estou fazendo para atender ao meu menino, e como uma mulher que convive com computadores e internet há quase 15 anos digo com toda a certeza: A mídia pode me ajudar, mas atrapalhar? Nao!

    Adorei o post Giovana, me fez pensar sobre este mundo globalizado e totalmente digital.
    Beijocas :)

    Ahhh, esqueci da propaganda impressa: Ela me ajuda a encontrar as melhores promocoes e a economizar uns bons trocadinhos, rsrsrsrsrsrs...

    ResponderExcluir
  3. Olá Giovana!

    Gostei muito do seu texto, muito mesmo.
    Também procuro me programar pra não ficar muito tempo na internet, quando tenho tempo já deixo o texto programado no meu blog, assim entra automaticamente. Já nem tenho orkut, twitter, msn por causa do tempo.
    Temos que priorizar, senão acabamos perdendo tempo precioso e ele voa, não é mesmo?

    Um super beijo pra você e pra todas as mamães que passam por aqui.

    ResponderExcluir
  4. as primeiras e ultimas coisas q faço no meu dia são, ligar a tv e o computador... sou extremamente viciada... to sempre on line, sempre nos blogs, e muitas vezes meu tempo passou e eu to aqui na net... mas davi esta sempre comigo, mesmo q esteja navegando é um olho nele e outro no pc. sei q preciso me policiar mais.... mas eu amooooooooooooo essa net..rsrrs
    bjusssss

    ResponderExcluir
  5. Ai meninas, sou mãe, sou blogueira e não posso (nem querooooo0, ficar fora dessa rs!
    Legais as trocs por aqui. O maximo!

    Venho sempre ta?

    E olha tem sorteio no meu blog passem ppor lá!
    Beijão

    ResponderExcluir
  6. A internet tem tanta coisa que, se a gente bobeia, fica o dia inteiro perdendo tempo!

    Míriam - redatora do Blog Maria Barriga
    mariabarriga.blogspot.com
    @MaBarriga

    ResponderExcluir
  7. Hello,

    Just wanted to thank you for visiting my blog and your gracious commentt. Have a wonderful day!

    ResponderExcluir
  8. Que lindo post! Adorei!
    Isso é um problema mesmo, eu tô pensando bastante nisso ultimamente. Ter internet em casa é um vício, eu sempre entrava pra ver meus email, depois criei o blog e entro diariamente nele também. E agora com o twitter, putz...o tempo se vai! Eu preciso melhorar isso em mim, preciso ficar menos tempo! Já nem dou a atenção necessária aqui pro Recanto por falta de tempo, mas mesmo assim preciso diminuir meu tempo em frente ao pc. Tv não é problema pra mim, não assisto nada, só programinhas e seriados com o meu marido, aí é um tmepinho pra nós 2. Bjus!

    ResponderExcluir
  9. Como eu estou grávida e não trabalho, passo o dia inteiro na internet, em blogs, em foruns, no msn...quase sempre lendo sobre gravidez e maternidade, tentando aprender em 9 meses coisa que até pouco tempo atrás eu não fazia idéia. Então eu acho que não atrapalha não, acho uma benção! Sinceramente eu não sei como faziam as mamães de antigamente sem o google :)

    ResponderExcluir
  10. Oi, dá para perder muito tempo mesmo... mas como quase tudo na vida, tem que saber selecionar o que vale a pena e o que não vale... E, como disse a Laura aí em cima, ainda acho mais útil do que perda de tempo.

    beeijos,
    Laís

    http://www.aventurasdemarialuiza.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!