Para pensar reflita

Cirurgia de lipoaspiração? (...)

domingo, novembro 28, 2010Genis Borges

Amigas, essa semana presenciei uma cena muito triste de uma aluna chorando, emocionada ao ver uma apresentação de uma bailarina cadeirante. Essa bailarina tem múltiplas necessidades, mas o que levou minha aluna a chorar não foi só a emoção de ver a menina se superando e fazendo uma bela e emocionante apresentação, mas foi o fato de se lembrar de sua mãe, que há 3 anos atrás era uma mulher "normal" e hoje se encontra em uma cadeira de rodas, com muitas limitações, devido à uma cirurgia de lipoaspiração mal sucedida.

Amigas, eu sei que tenho muitas gordurinhas em excesso e até uma barriguinha muito desagradável, mas tenho saúde, sou perfeita e feliz! O que realmente importa? Vale refletir...
Com carinho, 
Mamãe Genis.



VEJA MAIS POSTAGENS

8 comentários

  1. Eu tb não tenho coragem!!Já fiquei sabendo de vários casos terriveis!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Genis!
    Ótima postagem. Eu já conhecia o texto, mas com a introdução, sobre a mãe da tua aluna, ficou ainda melhor o alerta.
    Beijinhos querida.

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Sou a favor sempre do que for melhor, seja para saúde física ou mental.
    Tenho muito medo de entrar em um hospital para uma cirurgia estética e não sair dele por conta de uma anestesia ou outro erro qualquer.

    bjos

    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  4. Tbem sou a favor da saúde, do exercício físico, nada de cirurgias.

    bjus

    ResponderExcluir
  5. Poxa que triste Genis. Eu morro de medo dessas cirurgias,prefiro minha barriguinha grande doque me arriscar com essas técnicas muitas das vezes mal sucedidas.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Genis, não sou a favor de métodos radicais para nada! Acredito no poder da boa alimentação, do exercício físico e da velha força de vontade para educarmos nossos hábitos alimentares que ao longo dos anos foi entupido de fast foods e afins...
    Não vou dizer que não gosto de comer hambúrgueres, pizzas, mas sou adepta também a uma grande, linda, saudável e gostosa salada verde, em um franguinho grelhado e na boa e velha cinta redutora de medidas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Sou a favor da estética desde que ela seja feita de forma coerente.

    ResponderExcluir
  8. Olá mamães eu já ouvi histórias como esta e também já conheci uma jovem professora que exagerou na dose e precisou voltar ao hospital e tomar morfina para diminuir as dores que sentia pelo corpo.
    Mas conheço muitas mulheres que tinham uma auto-estima péssima e fizeram uma lipo. A vida delas mudou e a de suas famílias também.
    Sou contra exageros e paranóias por um padrão estético que não deveria existir. É preciso bom senso e cautela.
    Somos seres humanos e não objetos.
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!