ROSÉOLA

quarta-feira, fevereiro 02, 2011Alessandra Marques

Olá amadas!!!

Lembram do febrão que Pietro teve e eu contei aqui? Era Roséola...

A febre foi e veio sem nenhuma explicação... Me deixou maluquinha... Dias depois a pele dele passou á ter uma espécie de brotoeja mais forte...rsrsrs ficou mais vermelha... eu tirei algumas fotos quando já estava melhorando, mas acho que dá pra ver... Ficou beeeeeeem vermelhão, começou nas costas, foi para o pescoço, veio para a barriguinha e um pouco nos braços...

Dias depois foi melhorando... Sem nenhuma explicação tbém... Afetou além da pele o apetite... e acho que o calorão que estava fazendo ajudou no desconforto... Mas agora já está tudo bem!




Fui atrás de informações e achei uma explicação bem completa extraída do site :http://brasil.babycenter.com/baby/saude/roseola/

Meu filho estava com febre, e agora a pele ficou manchada. Será roséola?

Pode ser. A roséola é uma daquelas doenças inofensivas da infância mas que deixam os pais malucos de preocupação. Ela começa com uma febre bem alta, sem explicação, e atinge principalmente crianças entre 6 meses e 6 anos, predominando nas menores de 2 anos.

A roséola é causada por um vírus, o vírus do herpes humano tipo 6 (HVH-6) e 7 (HVH-7), e é transmitida pela saliva (pense em todos aqueles brinquedos que são mordidos por todas as crianças da escolinha). É difícil identificar onde ocorreu o contágio, porque a roséola é transmitida quando a erupção de pele ainda não apareceu (e portanto ela ainda não foi diagnosticada), e o período de incubação vai de 5 a 15 dias.

Quais são os sintomas?

A roséola tem um padrão bem característico, de acordo com o esquema a seguir:

febre alta, repentina e contínua, que fica entre 38,3 e 42,2 graus, durante três ou quatro dias, e que desaparece tão rápido como veio
• além da febre, sintomas como nariz escorrendo, tosse, uma leve diarréia, falta de apetite e de energia
• quando a febre vai embora, a pele começa a ficar manchada. A erupção costuma começar no tronco, e depois vai se espalhando na direção do pescoço e das extremidades, e desaparece em algumas horas ou em até três dias.

Preciso procurar o médico?

Como precaução, é melhor conversar com o pediatra. A maioria dos médicos prefere ser avisada de uma febre tão alta em uma criança de menos de 2 anos. O médico deve orientá-la a observar a criança e prestar atenção para ver se a erupção aparece depois de alguns dias. Se a febre persistir por mais de três dias ou a erupção for diferente da descrita, é melhor levar a criança de volta ao médico.

Qual é o tratamento?

Assim como nas outras infecções por vírus, não há tratamento contra a causa da doença, apenas para aliviar os sintomas.

Na fase da febre, mantenha seu filho confortável, dando bastante líquido para evitar a desidratação. Administre antitérmicos se a febre estiver muito alta e a criança estiver claramente incomodada. Depois que a febre vai embora, a criança ainda pode ficar irritada e manhosa por alguns dias, portanto arme-se de paciência. Logo ela estará novinha em folha.

Pode haver alguma complicação da roséola?

A febre alta provocada pela roséola às vezes pode causar uma convulsão febril, que pode ser assustadora, embora na maioria dos casos não traga nenhuma consequência à saúde da criança. Em situações muito raras, o estágio febril da doença pode levar à meningite ou, mais raramente ainda, à encefalite (inflamação do cérebro).

Mas, durante a fase febril, ainda não dá para saber se se trata de roséola, porque a erupção só surge depois. Isso quer dizer que seu filho estará sob observação por causa da febre alta, e qualquer sintoma preocupante (letargia, confusão mental ou qualquer coisa que assuste você) deve ser comunicado ao médico.

Adultos pegam roséola?

A maioria das pessoas tem anticorpos para a roséola já aos 4 anos de idade, mesmo sem nunca ter tido a doença. Em certos casos, um adulto com o sistema imunológico comprometido, como uma pessoa submetida à quimioterapia, pode sofrer uma infecção devido à reativação do vírus, numa espécie de herpes zóster.

Estou grávida e fui exposta ao vírus. Há perigo?

Como praticamente todos os adultos são imunes à doença, em princípio não há nenhum risco. Não existem registros científicos de consequências negativas da roséola
 
 
Bjos!!!
 
 
Alê
 
 

VEJA MAIS POSTAGENS

7 comentários

  1. Oi, meninas
    Vim conhecer vocês através da Ana Paula do blog 'Inventando com a mamãe'.
    Que graça seu blog!
    Adorei e voltarei sempre...
    Se puderem, dá uma corridinha me visitar tb.
    Bj a todas...
    Deborah

    www.delicias1001.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, somos alunos de pós-graduação e o tema de nosso trabalho de conclusão de curso é: mães que viajam com seus filhos. Fizemos uma pesquisa por blogs sobre o assunto e encontramos seu contato. Gostaríamos que você nos ajudasse respondendo algumas perguntas sobre esse tema, lembrando que esse questionário tem fins acadêmicos.
    Para participar, basta acessar o link:
    https://spreadsheets.google.com/viewform?formkey=dF9Yc2xjbk5UOHJWTUFCUWNEVEoxZ1E6MQ
    Agradecemos sua participação.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Ale
    Eu não conhecia a Roséola
    Talvez quando meus filhos eram pequenos os médicos não reconhecem a doença ou ainda não tinham um nome específico, mas foi muito importante esse post para todas nós, pois ainda que nossos filhos não tenham contraído esse vírus, divulgar e observar esses sinais são extremamente importantes.
    Parabéns novamente
    Cris Chabes

    cris.chabes@gmail.com
    crischabes@blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Alê, que bom que agora já está tudo bem.
    JM não teve roséola, mas teve catapora.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Amei seu blog e estou seguindo!!!
    Parabéns pela iniciativa!!
    Muita informação mesmoo!!!
    Bjãooo

    ResponderExcluir
  6. amiga davi teve algo bem parecido..mas a dra disse q era só uma virose

    bjussss

    ResponderExcluir
  7. Minha filha Amanda teve os mesmos sintomas que seu pequeno Pietro. A febre já passou, mas as manchinhas que parecem " brotoejas" começaram a se espalhar pelo corpinho dela. Levei a pedriatra que diagnosticou a Roseola, mas só para prevenir passou um exame de sangue para afastar o perigo da dengue. Agora é só esperar a roseola passar.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!