Colaboradores Superação

Superação após perda

quinta-feira, julho 28, 2011Recanto das Mamães Blogueiras


Testemunho da Leny, dos blogs Creio em Milagres e Expressão de amor

Dia 24 de julho vai fazer um ano que minha filhinha Jéssica se foi. 
Logo que me casei comecei a sonhar em ser mãe, minha primeira gestação durou apenas seis semanas e na segunda minha filha nasceu com sete meses e oito dias depois faleceu. Aquela situação foi difícil demais para mim e eu me vi presa nesse momento por muito tempo. Era como se eu vivesse tudo outra vez todos os dias.

Sei que não sou a única a viver este drama por isso quero compartilhar minha experiência. Nunca pensei que fosse possível viver algo tão difícil que pudesse mudar por completo minha vida, existiram dias em que pensei que não saíria mais daquele fundo de poço, daquele vale assustador mas hoje posso dizer que até aqui me ajudou o Senhor, Ele me tirou deste vale e voltei a viver.

Eu não conseguia entender que eu precisava ter a atitude de sair daquela situação, quando alguém me dizia que era preciso esquecer um pouco eu me irritava e achava que era falta de consideração, que ninguém me entendia ou se importava com minha dor, mal sabia eu que elas estavam certas e que um dia para retomar minha vida teria que fazer isso.

Então depois de muitas orações e campanhas o Senhor me tocou profundamente o coração, me abriu os olhos e eu entendi que  Deus estava a falar comigo em meio a pensamentos enquanto não conseguia dormir  à noite, me fazendo lembrar de muitas coisas que já haviam me dito e eu havia ignorado.

Era preciso parar de viver o passado a cada dia, era preciso olhar para frente para viver uma novidade de vida.

Isso não significa esquecer, mas sim ter a atitude de seguir em frente e pensar no futuro, viver o presente. É algo que deve ser conquistado a cada dia, não é um sentimento mas sim uma decisão. Eu decidi viver, entregar a Deus minha filha e pensar que agora ela estaria bem com Ele e eu precisava prosseguir.

Não foi fácil, tive que ir conquistando aos poucos, quando vinham as tristezas e lembranças ruins eu decidia não pensar nelas e não ficar remoendo tudo todos os dias. Foi assim que Deus me trouxe a cura, tomando a atitude de viver o presente, então permiti que Deus curasse minhas feridas e me libertasse daquele luto. Me trouxe uma paz incrível, que jamais pensei que fosse sentir outra vez.

Claro que penso em minha filha ,falo dela, mas não permito que isso me envolva a ponto de me trazer amargura e sofrimento, essa tranquilidade é algo que tenho conquistado todos os dias aos pés de Jesus.

Se você está passando por essa situação e não acredita que pode voltar a viver, tome a atitude de viver o presente, não é algo que você vai sentir, é algo que você tem que querer, então entregue tudo a Deus, deixe Ele curar suas feridas, pouco a pouco você vai vendo a mudança. 
Você pode todas as coisas Naquele te fortalece!


Entregue seus sonhos e seus planos pra Deus pois os planos Dele são maiores que os teus!


Um grande abraço!

Leny Alves
* A Leny é serva de Deus, casada e mamãe. Gosta muito de ler e se expressar atráves da escrita, é uma apaixonada por música e arte!
  
Leny, muito obrigada por compartilhar seu testemunho aqui no Recanto,  temos certeza de que irá edificar a vida de muitos!
beijos,
Equipe do Recanto

VEJA MAIS POSTAGENS

9 comentários

  1. Ah Gente! Tô grávida de 32 semanas, com duas aplicações de corticóide no bum bum (nossa Ana quer vir antes...) meu filho acabou de me dar uma lição de vida e aí entro aqui e leio um testemunho desses? Tô chorando oceanos aqui. Mas não de tristeza, de alegria! Alegria de poder ler um relato tão emocionante e cheio de VIDA!!! Obrigada por compartilhar conosco o amor do nosso Senhor em sua caminhada Leny! Obrigada por ser tão graciosa na escolha de suas palavras e parabéns pela força e atitude que você teve em sua vida. Que as graças do Senhor cubram a ti e à sua família... Um grande abraço, cheio de carinho, de mãe para mãe.

    ResponderExcluir
  2. Eu passei por tudo isso e tbm graças à Deus sobrevivi, estou sobrevivendo a cada dia e hoje tenho outra filha linda de 02 anos. Meu primeiro bebê perdi com 17 dias de nascido em 2007.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, meninas!

    É muito tocante esse texto. Tenho um blog voltado às mamães de prematuros e são constantes os e-mails que recebo contando histórias semelhantes...

    Gostaria desaber se a Leny permite que poste este texto no nosso blog semana que vem.

    Deixo aqui meu e-mail e endereço do blog:
    pequenosguerreiros@hotmail.com
    www.projetopequenosguerreiros.com

    Abraço,

    Monica

    28 de julho de 2011 08:26
    Bom dia, meninas!

    É muito tocante esse texto. Tenho um blog voltado às mamães de prematuros e são constantes os e-mails que recebo contando histórias semelhantes...

    Gostaria desaber se a Leny permite que poste este texto no nosso blog semana que vem.

    Deixo aqui meu e-mail e endereço do blog:
    pequenosguerreiros@hotmail.com
    www.projetopequenosguerreiros.com

    Abraço,

    Monica

    ResponderExcluir
  4. Leny, que testemunho de superação querida.
    Como Deus é maravilhoso!!! Ele está sempre conosco e quer curar nossas feridas, precisamos desejar a cura e seguir em frente de mãos dadas com o Pai!
    Beijos carinhosos e obrigado por compartilhar conosco o seu testemunho.

    ResponderExcluir
  5. esse texto realmente é tocante e emociona! mas princilpamente é muito ver e sentir a sua recuperação. Deus é bom e Ele ta guardando o melhor pra vc!

    beijox

    ResponderExcluir
  6. Quanta emoção!
    Meu coração tá apertado, e ao mesmo tempo feliz, pois a Leny superou e com fé em Deus é feliz!
    Obrigada por compartilhar conosco essa história de vida!
    Um beijo
    Angi

    ResponderExcluir
  7. Tenho 24 anos e ja passei por 2 gestações,na 1ª meu filho nasceu prematuro de 6 meses e ficou internado 4 meses na uti,foi um sofrimento terrivel,mas com a fé em Deus td deu certo e está dando até hj.Fiquei gravida de novo e com 8 meses,fui ganhar meu outro filho,uma gravidez otima,sem nenhum problema.Ele nasceu,chorou e pouco tempo depois vieram me dizer que havia falecido pq tinha nascido com problema respiratorio.Foi uma dor terrivel e é até hj,mas me apego em Deus e no meu outro filho que tenho que seguir em frente.As coisas acontecem pq tem que acontecer, pq é o mlhor para tds nós.Adorei o blog d vcs , não conhecia,mas ja virei fã.Add vcs no meu blog.Bjinhossss Ana!

    ResponderExcluir
  8. Olá!fico feliz por saber que minha experiência de vida tem tocado a muitos.As vezes não entendemos o porque passamos por momentos tão difíceis mas Deus é soberano e sabe o porque permite momentos como estes,Ele nos ama e só quer o melhor pra nós.
    Com toda certeza Ele está preparando algo muito mais maravilhoso do que podemos sequer imaginar!

    Fiquem na paz!
    Leny

    ResponderExcluir
  9. Olá Leny
    Que lindo testemunho.
    Deve ser muito difícil relembrar fatos e falar sobre isso.
    Mas você é prova da presença de Deus em nossos caminhos.
    Sem ele ao seu lado vc não teria essa força e esse carinho com as pessoas.
    Seu anjo está olhando por ti e um dia novamente vocês vão se reencontrar.
    Um Grande beijo
    Muita emoção.
    Cris Chabes

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!