filhos Mamãe Lauri

Filhos

quinta-feira, outubro 20, 2011Lauri Sousa



"Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. 
Isto mesmo! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado. 
Perder? Como?  Não é nosso, recordam-se? 
Foi apenas um empréstimo! 
Então de quem são nossos filhos? Eu acredito que são de Deus, mas com respeito aos ateus digamos que são deles próprios, donos de suas vidas, porém, um tempo precisaram ser dependentes dos pais para crescerem, biológica, sociológica, psicológica e emocionalmente.
E o meu sentimento, a minha dedicação, o meu investimento?
Não deveriam retornar em sorrisos, orgulho, netos e amparo na velhice?
Pensar assim é entender os filhos como nossos, e eles, não se esqueçam, são do mundo!".
(Este texto tem sua autoria atribuída por alguns a José Saramago, mas há controvérsias).

Precisamos aproveitar cada fase dos nossos filhos, curtir cada momento junto a eles porque vai chegar o momento em que vão alçar seus próprios vôos e precisamos estar prontas para este momento...

Beijos e ótima quinta!
Lauri, do blog Nosso Danielzinho

VEJA MAIS POSTAGENS

6 comentários

  1. Texto do Saramago politicamente correto.
    Mas para uma mãe o filho é sempre dela, não é empréstimo, não é do mundo rsrsrs
    Um amor tão grande que chega a sufocar o peito.

    ResponderExcluir
  2. Lauri q texto liindo,amiga!
    adorei!super verdade!
    beijinho!

    ResponderExcluir
  3. aiiii amiga sou possessiva d mais para entender esse texto... o filho é meuuuuuuuuu
    rsrsrsrsr
    bjao

    ResponderExcluir
  4. Lauri, que texto lindo!

    Eu amoooooo demais a minha filha, por isso mesmo sempre digo: "Ela é do Senhor meu Deus e eu estou apenas cuidando dela".
    Preciso ter sabedoria para educá-la, pois um dia vou prestar contas com Ele sobre isso.
    Do mundo ela não é... pois o mundo é cruel, ela é de Deus e Ele tem a sua vida em Suas mãos!

    Quando eu me pego preocupada com o seu amanhã, seu futuro, logo lembro... ahhhh, mas ela é de Jesus, o que será do futuro dela, está nas mãos dEle!
    Sempre oro quando as preocupações vêm e fico em paz, pois sei que ela tem um Pai maior do que nós!
    Um beijooooo amiga.

    ResponderExcluir
  5. Muitas verdades, Lauri. Quando eu fiz o curso de gestante conheci um texto semelhante, até coloquei-o no meu "Dos Filhos" no meu blog. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Muito difícil mesmo até pensar em nos separar do nosso filhote, também me sinto assim meninas, masss....rsrs

    Verdade Cidinha, saber que nosso filho é do Senhor dá uma paz!
    beijos, muito legal ler seus comentários!
    Lauri

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!