Educação de filhos Natal

Como controlar os pedidos de compras dos filhos no Natal

domingo, dezembro 04, 2011Recanto das Mamães Blogueiras

 Oi,amores!Já é natal,né?
Nessa época gastamos sempre mais do que planejamos,não adianta!rs
Principalmente por causa dos pinpolhos!
Achei ótimas dicas valiosas e não podia deixar de compartilhar com vocês!

Nessa época do ano, é fatal: a garotada fica ainda mais consumista. Saiba os limites para agradar os filhos sem exageros!
Criança na frente da árvore de Natal
Dê limites de consumo para seus filhos desde cedo, agradando-os na medida certa.
Fim do ano chegando e as crianças ficam alvoroçadas! Eu quero uma boneca, um carrinho, um videogame, pedem. Enfim, querem tudo o que as propagandas de TV mostram. Como agir? Mesmo endividada você compra o que seu filho quer? O segredo é sempre estabelecer limites para você e para eles. A psicóloga Andreia Calçada dá algumas dicas para lhe ajudar nestas horas:


. Antes de sair de casa, converse com a criança e combine o passeio. Diga coisas como: Hoje vamos comprar presente para o seu primo que faz aniversário, não para você.


. Explique que dinheiro não nasce em árvore e que temos que trabalhar para conseguir as coisas.


. Seja o exemplo. Não vá combinar com ele antes de sair de casa que vocês não vão comprar nada, para depois sair de uma loja de roupas cheia de sacolas para você.


. Faça mais passeios ao ar livre com ele. E deixe a criança mais atenta a outras coisas do que à TV.


. Frustre a criança de vez em quando, pois ela tem que aprender que na vida também haverá outras frustrações futuras.


. Deu acesso de birra? Deixe chorar, não compre só porque ela está esperneando! Se você ceder, só reforçará esse comportamento.

Como ensinar os filhos a lidarem com o consumo?

Estipule regras para o consumo do seu filho. Compre um cofrinho para que ele aprenda o valor do dinheiro e a importância de se economizar para, lá na frente, comprar algum bem que seja mais valioso pra ele. Se for possível, estabeleça uma mesada.


Até os 11 anos, a quantia deve ser dada por semana, após essa idade, passe para mesada mensal. Na família do universitário Leon F., 21 anos, isso deu certo. Ele começou a ganhar mesada aos 8 anos e recebeu dos pais a seguinte instrução: gaste como quiser, mas lembre que é importante guardar. Desde cedo criei a consciência de que deveria poupar para conseguir as coisas, diz ele hoje. Se pedia algo para os pais, era questionado: Por que você não compra com a sua mesada.
Reflita!
Michele Alves
Miguel
http://miguel-saj.blogspot.com/
Twitter: michele_saj
Quer um layout personalizado?

VEJA MAIS POSTAGENS

6 comentários

  1. Olá Michelle, acho que todos nós ficamos propensos a compras nesta época, pois queremos presentear aqueles que nos deram tanta atenção e carinho durante o ano, mas não concordo com o consumo exagerado que se dá nesta época e portanto devemos tomar muito cuidado para que as crianças não entrem nessa onda.
    Ótimo post
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir
  2. Missão difícil essa, porque nós mamães e papais somos os primeiros a querer comprar tudo kkkkkk
    Bjks
    òtimo restinho de domingo.

    ResponderExcluir
  3. Oi Michele! Sabe que minha filha de 2 anos e 8 meses me surpreendeu?! Andei com ela e ainda tenho andado por várias lojas recheadas de atrativos. Ela, por sua vez se entretia com um carrinho de boneca aqui, uma bicicleta ali, uma boneca acolá, mas no fim não pediu nada. Fiquei impressionada. Esteve mais controlada do que eu com o desejo de comprar muitos presentes para pessoas queridas. Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi!
    Ótimas dicas.

    Aqui em casa já demos o presente de natal pra nossa pequena, pois não tinha como esconder e na loja eles iriam deixar na exposição, daí achamos melhor trazer....rsrsrs. Foi uma bicicleta, ela ficou radiante.
    Agora na data mesmo a gente vai dar alguma coisinha, mas bem simples, só pra não passar em branco, já que estaremos reunidos com outros familiares.
    Ela acha que não vai ganhar mais nada, pois está ciente que a bicicleta já é o presente.

    Beijos querida!
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de complementar uma coisa.
    O importante nessa época é estarmos em paz. Tendo Jesus no coração, estando entre as pessoas que amamos já é o suficiente.
    Nós focamos isso aqui em casa, não somos consumistas, então procuramos passar isso pra nossa pequena.
    Mais beijinhos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi!!
    Aqui em casa ainda não acontece o lance do presente, pois JM não despertou para isso, mas... confesso que fico doida pra comprar coisas pra ele. Não é só pelo Natal, mas pq é muito bom comprar, né??
    Ótimo post querida!
    Bjus, Genis ♥

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!