Bisfenol A - É bom saber mais...

quinta-feira, janeiro 12, 2012Alessandra Marques


Os recipientes de plástico por serem resistentes, baratos e versáteis conquistaram consumidores em todo o mundo. Contudo, nos últimos anos, os malefícios que eles ocasionam à nossa saúde estão sendo discutidos.

Verificou-se que a substância presente no material, o Bisfenol A, pode migrar para os alimentos e, em certas ocasiões, causar alterações significativas em nosso organismo.

O composto Bisfenol A é utilizado na fabricação de plásticos policarbonatos e epóxi de resina, presentes no forro de latas de alimento e bebida, inclusive em mamadeiras, canecas e outros utensílios de uso doméstico.

De acordo com o estudo do Programa Nacional de Toxicologia dos Estados Unidos, não há provas de que ele seja cancerígeno em pequenas quantidades, mas não há necessidade de expor nosso corpo a essa substância se temos outras opções.



Bebês e mamadeiras
Crianças que usam mamadeiras de plástico que contenham Bisfenol A são as mais afetadas, pois, segundo estudo realizado, bebês absorvem mais o composto.


Esse risco diminui com a idade, contudo, há relatos que a vulnerabilidade também depende da dieta e do estilo de vida de cada um: pessoas que consomem alimentos enlatados, esquentam comida em embalagens plásticas feitas com policarbonato no micro-ondas ou acabaram de fazer obturações com resina epóxi são expostas a uma maior dose do elemento.

Como funciona a contaminação do alimento?

A partir de certa temperatura, o recipiente de plástico pode ter sua textura alterada. Com isso, os elementos químicos presentes em sua composição migram para os alimentos com mais facilidade.


O vidro é uma alternativa a ser mais explorada pela praticidade e facilidade na reciclagem. Além desse material, hoje em dia existem produtos isentos de Bisfenol A. Por isso, antes de adquirir qualquer um deles, verifique se contém a substância policarbonato e caso contenha, evite comprá-lo. 


Bjos da Alê

http://www.sermaequeviagem.blogspot.com/

VEJA MAIS POSTAGENS

6 comentários

  1. Oi Ale! Bem lembrado. Minha filha não usa mais a mamadeira, porém, muitas crianças ainda estão expostas a esse perigo. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oiê Alê!
    Ótimo post informativo.
    Beijinhos querida.

    ResponderExcluir
  3. Soube disso numa manhã em que acordei para dar o mamar do meu bebê e passava sobre o assunto no jornal Bom Dia Brasil. Na mesma hora olhei na mamadeira do meu filho, e nela está escrito 0% Bisfenol A.
    Me tranquilizei!

    ResponderExcluir
  4. Amiga,fiquei sabendo disso!
    q coisa,né?
    no nosso tempo ñ tinha isso,né?
    ui,me senti super velha agora! rs
    mas bem lembrado,amiga,todo cuidado com os pequenos é pouco!
    beijinho!

    ResponderExcluir
  5. Alê, eu só conheci sobre os riscos do bisfenol A depois de me tornar blogueira e começar a ler os blogs de maternidade, quase não se fala sobre isto por ai, na mídia...
    Muito legal você postar sobre esse assunto!
    beijos

    ResponderExcluir
  6. É isso aí Alê
    Eu nunca tinha escutado falar sobre o bisfenol. Muito interessante.
    Parabéns pelo post
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!