Amor de Mãe Colaboradora

A grande descoberta da minha vida!

quarta-feira, janeiro 11, 2012Recanto das Mamães Blogueiras



Por Elaine, do blog Meus filhos, meu maior presente

Quando a gente se torna mãe, algo inexplicável acontece.  Automaticamente nossos sentidos ficam mais aguçados.  Passamos a ouvir qualquer barulhinho, sentimos cheiros diferentes a quilômetros de distância, nosso paladar se adapta a saborear um prato de comida em instantes, muitas vezes sem nem mesmo mastigar direito, nosso tato fica super sensível, pois, conseguimos  fazer proezas com as mãos sem acordar um bebê, mas, principalmente nossos sentimentos ficam à flor da pele.
Com a maternidade eu fiz grandes e reveladoras descobertas, talvez, a maior descoberta da minha vida...  
Quando eu fui mãe pela primeira vez, eu tinha 23 anos, ganhei uma menina linda, que me enche de orgulho de tão esperta e inteligente que ela é.  Ao segurá-la pela primeira vez em meus braços tive a nítida sensação de que o amor havia se materializado em minhas mãos. Meu Deus, foi um turbilhão de sentimentos, alegria, euforia, medo, pensamentos que iam e vinham em minha mente, mas, essa sensação ficou marcada de maneira muito forte em meu coração.
Mas, como assim? Eu sempre ouvi dizer que o amor é um sentimento invisível, que as pessoas não conseguem ver, elas simplesmente sentem... será?
Porém, com  32 anos, fui mãe novamente, só que dessa vez de um menino lindo. Ah... quando segurei meu filho pela primeira vez em meus braços, olhei para o rostinho dele e acalentei seu choro em meu peito, aquele sentimento voltou, e, voltou com muita intensidade, dessa vez não era apenas uma sensação, uma impressão, eu tive uma certeza.   
Foi nesse momento que eu pude fazer a maior descoberta de toda a minha vida: descobri que o amor não é algo invisível, ele tem forma, cheiro, é palpável, se materializou em minhas mãos por duas vezes  e atende pelo nome de Laís e Luís Henrique.
A partir desse dia, passei a discordar totalmente de todas as pessoas que me dizem que o amor existe, mas é algo invisível e, sabem por quê? Porque  eu enxergo, toco, cheiro o amor todos os dias quando acordo, ai que delícia, abraçar meus filhos logo pela manhã!!!! 
Amo!!!!

Elaine por Elaine: " Sou mãe em tempo integral, essa foi a minha escolha e é o meu maior projeto de vida. Sou casada, amada, admirada e paparicada por meu esposo Mauricio que eu amo de paixão, enfim, resumindo tudo isso: me considero feliz e realizada "pra caramba"!

Assim como a Elaine, você também pode participar deste espaço como colaboradora, basta enviar um email para recantodasmamaes@yahoo.com.br e nós publicaremos seu texto com o maior prazer.

Equipe Recanto

VEJA MAIS POSTAGENS

18 comentários

  1. Elaine parabéns pelos filhotes, com certeza não tem como mensurar o tamanho desse amor. É infinito.
    E o legal é isso ser feliz com as nossas escolhas. E como é perfeito ter um marido que nos ama e apóia em tudo. Eu também tenho um marido excepcional.
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto e já vou adotar a sua colocação: amor pra mim é Sophia e Helena :-)

    Beijo,
    Karen
    http://multiplicado-por-dois.blogspot.com/2012/01/

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo o da Elaine. Amei!
    Ser mãe é mesmo muito bom, eu adoro, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Concordo.... A maternidade e a coisa mais importante na vida de uma mulher... Eu me sinto feliz por Deus ter me proporcionado essa oportunidade
    Eu gostei muito do post, Que Deus abencoe voce!!! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! O amor de mãe nem tem palavras para descrever tantos sentimentos.
    Parabens!!!!

    ResponderExcluir
  6. sentimento maravilhoso esse,né?
    o melhor!
    adorei o post!

    ResponderExcluir
  7. Ameiii!! Ser mãe é um presente de Deus!!
    Esse cantinho aqui é o máximo, tenho um blog de moda e beleza, sou mãe de 4 filhos, esposa, mulher, pessoa... é muita coisa né? Sou louca para fazer outro blog e compartilhar minhas experiências como mãe, mas acho que não dou conta. Tenho tanto pra contar que poderia escrever 1 livro, tenho 4 filhos cada uma numa fase de vida diferente( 16,12,4,e 1 ano), engravidei pela 1º vez com 18 anos, casei 2 vezes e de lá pra cá tenho muita história pra contar.
    Um dia desses crio coragem.
    Virei sempre aqui. Ameiii o blog.
    Bjo

    http://sempreglamm.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Amei!!! Que texto lindo!
    Um beijo querida amiga, vc escreve muito bem!
    Gabi
    www.minhas3meninas.com.br

    ResponderExcluir
  9. Só quem é mãe consegue entender esses sentimento... Lindo!

    ResponderExcluir
  10. Elaine, é verdade tudo muda dentro da gente apos a maternidade...
    Muito lindo seu texto, seja bem vinda sempre.
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Flor! Ví seu comentário no ACHEI BLOG, e vim correndo visitar. Olha, eu adorei tudo por aqui. Já sigo vc.
    E te espero pra seguir o meu cantinho tbm.

    ResponderExcluir
  12. Elaine, que texto lindo, e como você soube retratar com fidelidade esse amor que envolve a maternidade!!! Parabéns!!

    bjos!

    ResponderExcluir
  13. Emocionante. Parabéns!
    Lindo testemunho. Lembrei-me da minha pequena Ana LEtícia de 2a e 1m, quando a segurei pela 1ª vez, não sabia se ria, se chorava, eram tantos pensamentos...rsrsr
    Agora falta 05 meses pra eu passar por essa linda e inesquecível experiencia novamente, a Sara esta chegando e sinto tudo isso graças a Deus.
    Parei o trabalho, estudo e estou 24h totalmente integral e é maravilhoso.
    Também tenho uma irmã especial que este mÊs faz 35a.
    São minhas vidas.
    E meu marido é meu porto seguro.
    Agradeço a Deus por tudo!

    Bjs
    Vívian Fonseca
    Ceilândia - DF
    http://elachegou.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá Elaine
    Quando eu descobri que ia ser mãe pela primeira vez, era solteira, filha de pais separados (isso em 1981 era muito difícil) e tinha muito medo de não saber cuidar do bebê
    Quando ele nasceu tudo mudou, foi mágico.
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!