Educação de filhos Mamãe Genis

Segredos de Paris para criar filhos - "Crianças francesas não atiram comida!"

terça-feira, fevereiro 14, 2012Genis Borges


Olá queridos!


Semana passada recebi um convite pra dar uma entrevista com um tema que realmente é a minha praia: "Educação de filhos".
Adoro falar sobre isso, pois mexe com meu lado mãe e professora.
Foram perguntas bem difíceis, pois cada uma delas abordou um tema específico sobre educação e meu foco sempre é ser a mais sincera possível.

E a entrevista virou um artigo  muito bom com o tema: 


"Crianças francesas não atiram comida!"


Educar os filhos nem sempre é uma tarefa fácil para nenhuma mãe, principalmente quando as responsabilidades com o trabalho e a casa ocupam o dia e quase não sobra tempo para educá-los. Segundo a jornalista americana Pamela Druckerman, autora livro "French Children Don’t Throw Food: Parenting Secrets From Paris" (
Crianças francesas não atiram comida: segredos de Paris para criar filhos), as francesas utilizam técnicas para que as crianças sejam maiscomportadas. Se o bebê chora no berço, a mãe não se desespera em atendê-lo, isso o ensinará a ser paciente e os pequenos aprendem a não tentarem chamar a atenção.

Outro truque das francesas é não ter medo de impor limites bem esclarecidos e de dizer não aos pequenos.
Por isso as crianças criam um vínculo derespeito maior com a sua mãe.
Sut-Mie Guibert é francesa, casada com um brasileiro e já mora no Brasil há alguns anos. Para ela, as crianças francesas são mais responsáveis, pois têm menos liberdade e o estilo de vida é bem diferente. "Pelo fato de não terem babás ou empregados em casa, somente os pais que trabalham muito durante o dia, por isso todos contribuem e ajudam nastarefas e na organização. Na escola, eles aprendem a colocar casacos sozinhos e sapatos. São estimulados a serem independentes," afirma.
"Acho difícil ter uma ‘melhor maneira’, uma receita pronta para educá-los. Regras que servem para um não servem obrigatoriamente para o outro filho. Tenho duas filhas que são completamente diferentes e a maneira de lidar com cada uma também é diferente. Sou da ‘linha dura’, algumas coisas converso, outras imponho limites e ponto. Questões de educação não são conversadas, são impostas. A meu ver, elas têm mais segurança com regras claras e sentindo firmeza em seus pais", acrescenta Sut-Mie Guibert.
Apesar de cada criança ter personalidade própria, os pais não devem sentir medo de corrigi-los, por acreditar que são pequenos e não vão entender. A educação deve começar desde cedo, pois quanto antes a mãe conversar sobre o que é permitido ou não, estabelecer algumas regras e incentivar o comportamento adequado, as ações de mau comportamento reduzem.
"Cada criança é única e tem seu próprio temperamento. Cabe aos responsáveis a tarefa de mudar o rumo do desenvolvimento de uma criança para o bem, não tirando dela sua própria personalidade, mas a ajudando a lidar com seus sentimentos para viver harmoniosamente com as outras pessoas", afirma a professora Genislene Borges, dona de três blogs, entre eles, o "Mamãe Genis".
E exemplifica: "Eu e meu marido conversamos muito com o nosso filho quando ele faz alguma coisa errada. Sem muitas palavras, dizemos o porquê não se deve fazer aquilo. Se ele insiste em fazer, temos o ‘cantinho da disciplina’, onde ele fica pensando por alguns minutinhos sobre o que fez. Temos percebido que a cada dia o uso desse método tem diminuído as rebeldias, pois ele tem cumprido melhor as regras estabelecidas", afirma.
O contato com a tecnologia deixa as crianças antenadas com a realidade. Porém, esse excesso de informações deve ter o acompanhamento dos pais, pois os pequenos não têm maturidade suficiente para lidar com essa exposição, principalmente da internet.
A infância é o momento em que a criança descobre muitas coisas e os familiares precisam acompanhar bem de perto o que o filho faz. "A família precisa estar atenta ao que seu filho está assistindo e compartilhando não somente frente às tecnologias, ou na rede, mas também no dia a dia com os amigos", finaliza Genislene.

                                             
A matéria foi publicada aqui!



Estou por aí!


Beijo grande, Genis


Tem sorteio AQUI!

VEJA MAIS POSTAGENS

13 comentários

  1. Muito legal a matéria.
    Eu ainda estou formando um conceito sobre a educação do Samuel.
    Na verdade estou um pouco perdida, as vezes não espero certas reações e me surpreendo.
    Mas estou lendo muito e pesquisando sobre o assunto e tenho certeza que vou fazer meu melhor.
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. @Andréia Sales
    Oi querida!
    Vc sempre presente nos comentários!
    Educar é um aprendizado diário... pode acreditar! Não há receita pronta, mas vamos trocando e aprendendo com os amigos!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  3. Por isso que eu adoro isso aqui ;)
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Genis!
    Educar não é fácil, temos que nos empenhar, mas o esforço, a vontade de acertar são recompensados.
    Gostei muito que você participou dessa matéria.
    Parabéns querida.
    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  5. Olá mamães
    Estava procurando uma atividade que pudesse fazer em casa para garantir uma renda extra, já que tenho um bebê de 7 meses e não quero trabalhar fora. Então me cadastrei pra ser Promotora Virtual, é só a gente divulgar a empresa e conseguir novos divulgadores. Convido a todas a visitar o site e saber um pouco mais. CLIQUE AQUI

    O funcionamento é muito simples:
    A empresa possui mais de dez anos de atividades e atua no segmento de serviços financeiros. Ela nos dá a oportunidade de ganharmos dinheiro divulgando os serviços dela e esta excelente oportunidade de Renda Extra.
    Além de garantirmos uma ótima renda mensal e ganhos semanais, a empresa ainda garante aos participantes os seguintes benefícios:
    Endereço de site rotator;
    Registro de domínio próprio com hospedagem;
    Telefone da Nextel;
    Plano de Saúde;
    Previdência Privada;
    Material de apoio ao seu trabalho e muito mais.
    Vale a pena! Conheça já esse lucrativo negócio clicando no link:
    http://www.frpromotora.com/44626148
    Qualquer dúvida entre em contato comigo.
    Meu cadastro na empresa é: Hneli 626148
    Sucesso e muita felicidade.
    Hnelipromotora é cadastrado em nosso sistema de Renda Extra e lhe enviou esta por acreditar que seja útil para você também. Aproveite!
    http://www.frpromotora.com/44626148
    CLIQUE AQUI e seja uma Promotora Virtual. Bjus.

    ResponderExcluir
  6. Genis que arte difícil essa de educar, né. E o pior é que temos que pensar nas mínimas coisas... Publiquei hoje no blog algo a respeito...

    Adorei... e concordo com você.. A troca de experiências é muito legal e auxilia demais...

    Grande beijo
    Carol

    ResponderExcluir
  7. Ah Genis, já li seu texto!! E adorei!!
    É difícil mesmo a arte de cuidar, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá Genis!
    Educar é uma arte e sempre temos q estar atentas ao desemvolvimento da criança com cada situação , afinal o q pra um filho funciona pra outro não.
    Aqui na minha casa é assim minhas duas filhas são totalmente diferentes e às vezes corto um dobrado pra conseguir com a mais nova ,pois o q deu certo com a primeira a outra ainda tô aprendendo...
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  9. Eu já tinha lido sua matéria...
    E adorei!
    É uma tarefa muito difícil educar. Uma missão carregada de responsabilidade. Isso me amedronta um pouco... Pois tenho medo de estar errando... As vezes pecamos por excesso ou por falta... Mas sempre queremos o bem... e faremos sempre nosso melhor...
    Parabéns pela entrevista.
    Vc é sempre muito sábia.
    bjss
    Anelize, mamãe da Malu

    ResponderExcluir
  10. Nooossaaaa abri um parentese exatamente sobre isso no meu blog agorinha. Educar nao é nada facil, é uma arte! Adorei, vcs como sempre arrasando nos posts! Beijos, Mirella.

    ResponderExcluir
  11. Muito bom o seu post porque é o que imagino (forma de educar) a todo momento ,principalmente agora que minha filha Bruna tem alguns comportamentos "rebelde" nos momentos que falo um não.Ela tem 1 ano e 3 meses imagine!
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  12. Genis, educar é muito difícil
    Não tem cartilha
    Acertamos e erramos muitas vezes
    São duas formas de educar diferentes para culminar na educação de uma criança
    Acredito na amizade entre os pais e filhos, mas sempre mostrando que há um papel a ser cumprido e o respeito é a melhor arma para o amor
    Beijocas
    Bom post
    Cris Chabes

    ResponderExcluir
  13. http://aosnossosfilhos.wordpress.com/

    Dêem uma olhada no nosso blog por favor .. valores que precisamos cultivar

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!