cuide-se Gravidez

Grávidas no Volante: Cuidado !!!

terça-feira, abril 03, 2012Andreia Sales


Gravidez não é motivo para abandonar o cinto de segurança. Seja por desconforto, medo de machucar o bebê ou falta de costume, não há desculpas para não usá-lo. Mas a gestante deve saber como colocá-lo da melhor forma, para evitar incômodos sem deixar de proteger seu corpo. Veja o que a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) recomenda:

- O cinto na forma de três pontos é o mais indicado – o outro tipo mais comum é o sub-abdominal, encontrado em ônibus, avião e no banco traseiro de alguns automóveis


- A faixa diagonal (também chamada superior ou pélvica) deve passar no meio do ombro, depois entre os seios e ficar lateralmente ao abdômen, nunca sobre ele


- A fita sub-abdominal – ou inferior – deve ser encaixada no quadril, abaixo da barriga, na região superior das coxas


- Nunca coloque a faixa superior debaixo do braço ou da axila


- Não se sente sobre a faixa inferior com a intenção de usar apenas a superior


- Em veículos com
airbag, afaste o banco o máximo possível. Quando estiver dirigindo, deixa a uma distância confortável em que consiga alcançar o volante e os pedais do carro de forma adequada. Os benefícios do airbag são superiores aos riscos que ele oferece à grávida

Alberto Sabbag, médico e diretor da Abramet, explica que o uso do cinto é imprescindível, mesmo quando houver apenas o tipo sub-abdominal. De qualquer forma, ele aconselha que a grávida se afaste pelo menos 20 cm do painel do carro – com
airbag ou sem.

Grávida pode dirigir?


Alexandre Pupo Nogueira, ginecologista do Hospital Sírio-Libanês, recomenda que as gestantes dirijam sempre que se sentirem confortáveis e seguras para tanto. “Se a mulher não tiver problemas na gravidez e a barriga não estiver incomodando ao sentar no banco, ela pode dirigir sem problemas”, diz.


É preciso ficar de olho na movimentação do bebê, pois ela pode distrair a grávida no trânsito. Além disso, as condições da gestação e o inchaço nos pés são fatores que devem ser avaliados antes de pegar o carro. “Se os pés da grávida estiverem muito inchados, ela deve usar sapatos fechados e não sandálias para dirigir”, recomenda Alberto Sabbag.


O importante é que a gestante se sinta bem e confiante o suficiente – e, ainda, que seu médico esteja de acordo com sua opção. O código de trânsito vigente no Brasil não restringe a direção na gravidez. Mas quanto ao cinto de segurança, ele é obrigatório em qualquer situação e a todos os ocupantes do veículo. 

 
Eu fui dirigindo pra maternidade e você até quando dirigiu na sua gravidez e quais os cuidados que tomou?
Conta pra gente !!!


Esse foi meu recado de hoje.
Corram que tem sorteio no Make Viagem !!!
 

VEJA MAIS POSTAGENS

7 comentários

  1. Olá, bom dia!

    Dirigi na minha segunda gravidez quase até o dia do parto. Sentia-me bem e claro, tomando o cuidado de colocar o sinto sem prejudica o bebê.
    Ótima postagem, parabéns!

    Bjs
    Lu

    ResponderExcluir
  2. Andréia, isso aí, uma dica importantíssima para as gravidinhas. Realmente esse negócio de onde botar o cinto é assunto sério, pois a maioria usa da menira errada, e pode prejudicar o bebê...
    Muito bom o post!
    Bjus!

    ResponderExcluir
  3. Oi Andréia, gostei das recomendações para as mamães gravidinhas... é super importante mesmo estarem atentas!
    um beijo

    ResponderExcluir
  4. Não sabia desses cuidados.
    Tenho uma moto.
    Vou me informar mais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Muito legal essa dica, vale para conscientizacao.... bjs :)

    ResponderExcluir
  6. Dirigir foi algo que eu fiz com prazer até o final da minha gestação.
    Sempre usei o cinto e nunca me encomodou.
    Espero ter ajudar as gravidinhas.
    Obrigada meninas.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!