Mamãe Marcella Reflexão

Num piscar de olhos!

quinta-feira, junho 21, 2012Mon Maternité

Há alguns dias, algumas notícias muito ruins chegaram na minha vida; meu avô materno e a avó paterna do marido estão doentes, ambos foram hospitalizados.

Esse é o tipo de notícia que a gente tem medo de receber, embora com o passar do tempo sabemos que um dia ela poderá chegar. Estamos dormindo com os telefones sempre ligados e carregados temendo que ele toque a qualquer momento oficializando aquilo que é tido como a única certeza que temos na vida: a morte.

Daí que essa situação me fez parar e pensar no valor das escolhas que fazemos durante a nossa vida.

Algumas pessoas costumam dizer que “Deus escreve certo por linhas tortas”, me desculpem, mas eu não concordo com essa frase. Acredito que Deus tenha um propósito na nossa vida, que Ele tenha sempre preparado o melhor para nós, porém, somos rebeldes e por isso, nós decidimos sair dos caminhos que Ele preparou para nós.

Certo dia, a avó do Ramon olhou para mim e questionou se havia realmente a necessidade de termos nos casado, afinal de contas, com o casamento eu perderia o convênio médico no qual era dependente do meu pai, por exemplo. Ela achou um absurdo o Ramon tem que pagar meu plano de saúde.

Aquilo me machucou demais, foi uma coisa tão horrível de se ouvir que perdi a vontade de ir visita-la. Agora ela está numa cama de hospital, com um leve sopro de vida e, se falecer hoje, por exemplo, não terá a oportunidade de ver a bisneta que tanto ama pela última vez. Ela perdeu a oportunidade de enquanto tinha saúde desfrutar da companhia da bisneta, deixou de aproveitar e desfrutar da nova família que o neto caçula criou.

Foram algumas palavras que juntas duraram menos que um minuto, mas o suficiente para que perdêssemos um vínculo que jamais será restaurado.

E assim é a vida, apenas uma palavra, um gesto, um olhar transforma a nossa vida e daqueles que nos cercam. Quantas vezes fazemos alguma coisa e depois precisamos falar “Não, você entendeu errado!”. Será mesmo?! No casamento isso é muito comum.

Existe um ditado que, esse sim eu acredito e assino embaixo “A gente colhe o que planta”, ou seja, a lei da semeadura! Essa sim é verdadeira.

Temos que ter a certeza que nós somos responsáveis por aquilo que viveremos daqui cinco, dez, vinte anos! E como mamães, nossa responsabilidade é dobrada, triplicada ... o que desejamos para o futuro dos nossos frutinhos, deve ser plantado hoje. Educação, formação, criação. Isso sim deve ser ensinado desde os primeiros dias de vida do bebê, porque se eu posso ousar dizer, passa tão rápido ... como um piscar de olhos!






VEJA MAIS POSTAGENS

9 comentários

  1. Sabe, idoso as vezes fala sem pensar...
    Não guarde magoas dela, afinal a vida é tão rapido para perdemos tempo guardando isso...
    Apesar de sabe que se fosse comigo eu tbm ficaria...
    Mas temos que aproveitar nossos dias, da valor as pessoas, e sempre ter cuidado com as palavras, a vida passa tão rapido e hoje não precisa estar velho para morrer...
    Lindas as sus palavras...
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ma eu penso assim.....
    q deus esta te dando a oportunidade de reverter essa situação tao chata q se formou....idosos falam o q querem.... tb ja engoliram tantooo sapo nessa vida né....
    mas se eu fosse vc, pegaria minha filhota e correria pro hospital, faria ela fazer um desenho bem lindo para dar para a vovozinha...eu posso te garantir q essa felicidade d ver sua netinha seria eterna....é a sua ultima chance Má....corre q ainda da tempo de desfazer essa magoa....q talves vc tenha q carregar para sempre.... correee amiga...o perdão é a melhor arma do ser humano...
    bjusssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Penso exatamente igual, tanto é que não tenho pena de velhinhos que moram em asilo, vai saber que tipo de pessoas foram quando tiveram a oportunidade? Um dia minha cunhada comentou horrorizada, sobre um tio dela que havia falaecido e o filho não veio para o enterro. Mas quando eu falei:
    - Mas que tipo de pai foi esse teu tio?
    ela respondeu:
    - O tio foi muito ruim espancava as crianças e bateu na tia várias vezes, ela vivia toda roxa....
    Então ela parou, me olhou e falou:
    - É ele não merecia que o filho se desgastasse em uma viagem para o enterro.

    Eu vivo minha vida, para que ao adoecer ou morrer a saudade que tenham de mim seja algo bom, repleto de lembranças felizes. Pois sei que podemos escolher as sementes, mas ao lança-las na vida seremos forçados a colher tudo o que render.
    Que Deus te ilumine e guarde sempre.
    Muita Luz e Paz
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Profundas palavras que fazem a reflexão. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Marcella, concordo em muitas coisas com você...
    Concordo que Deus tem um propósito para cada um, mas também nos deu livre arbítrio para escolhermos como viver a vida.
    Tambem concordo sobre as palavras, elas tem o poder de vida e morte, e podem machucar muito... isso que você ouviu da avó do seu marido foi muito triste e dolorido realmente, mas como a Dani e a Rafaella disseram, os idosos as vezes falam coisas sem pensar ou muitas vezes devido a tantas coisas ruins que passaram na vida se tornam amargos, pessimistas...

    Acho que abrir o seu coração neste momento e desconsiderar as coisas que você ouviu dela, vão te fazer um bem enorme... e você vai entrar no principio da lei da colheita: vai estar plantando o perdão e a compaixão na vida dessa senhora.
    Um beijo amiga,
    Lauri

    ResponderExcluir
  6. Difícil dizer qdo não é conosco mas a vida é tão breve p remoer magoas, existem coisas tão mais dolorosas do que palavras, talvez essa avó guardasse amarguras no coração da própria vida, e as deferiu em vc em um momento infeliz, e vc se comportando dessa forma está agindo como ela agiu qdo disse as palavras que te feriu, está cultivando amarguras, as mesmas que talvez as levaram a dizer as palavras infelizes a vc! Mas como eu disse, cada um sabe da sua dor! Bjos

    ResponderExcluir
  7. Realmente, a responsabilidade com o futuro é muito importante, duro e conscientizar aos que amamos disso, porque muitas vezes não se deseja abrir mão de algo hoje porque no futuro PODE SER que aquilo atrapalhe, como mutricionista sei bem o que é isso, mas acredito realmente na prevenção - o seguro morreu de velho -.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ai que post lindo. Sinceramente me emocionei. Linda história!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Marcela!
    É dolorido ouvir certas coisas, mas assim como as meninas falaram, perdoe ela.
    Gostei muito do seu texto, pois concordo, Deus tem planos pra cada um de nós, precisamos estar atentos a Sua voz.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!