Colaboradora Comportamento

Os meninos e os pais

sábado, setembro 29, 2012Recanto das Mamães Blogueiras

Por Jamile Nery, do blog Mãe para mães


"Por volta dos seis anos e idade, acontece uma grande mudança nos meninos. É como se, de repente, alguém apertasse um botão para 'ligar' a masculinidade. (...) O menino parece 'se ligar' no pai, padrasto ou figura masculina mais próxima, insistindo em acompanhá-lo, ver o que ele faz e imitar seu jeito. É como se quisesse 'aprender a ser homem". (Steve Biddulph em "Criando Meninos").
.


Recentemente, levei meu filho de 6 anos a uma médica e ela me aconselhou: "Ele precisa ter mais tempo a sós com o pai. Sem você!". Fiquei arrasada por ter sido posta de escanteio! Mas entendi que meu filho precisa menos de mim, da minha superproteção, dos meus abraços e beijos, dos meus cuidados excessivos!
.
Ele precisa fazer programas só de homens! Sair de chinelo, com a roupa descombinando, sem mochila a tira-colo com lanches e água. Andar pela rua até a banca de revistas, à locadora ou a padaria (coisa que a mãe dificimente faria!). Lavar o carro, consertar qualquer coisa. Jogar bola. Is ao estádio ver uma partida de futebol. Entrar no banheiro masculino e não lavar as mãos. Ouvir histórias do pai (de luta, de dragão, de carros, o que for! Mas não de princesas e castelos...). Ir ao cinema, ao teatro, almoçar fora. Só com o pai.

Os meninos precisam dos pais para aprenderem a ser homens. O pai é o modelo do filho menino assim como a mãe é o modelo da filha menina. Então, a partir dos 6 anos (segundo os especialistas) os meninos devem ter mais experiências junto aos seus pais (ou um modelo masculino substituto*).

E para quem duvidava da importância do exemplo na educação dos filhos ou do poder do pai na vida de uma criança, este vídeo retrata bem isso. Pare, assista, pense, reflita. Seja o melhor que puder. Não de vez em quando, não só na frente dele. No dia-a-dia, com todo mundo.

"É observando como você age que as crianças aprendem a sentir" (Steve Biddulph em "Criando Meninos").


"Você pode ensiná-los dando-lhes um exemplo de homem completo. Deixe que seus filhos o vejam cuidando do seu corpo, tratando os outros bem, expressando suas emoções, defendendo as ideias nas quais você acredita. Suas ações serão mais fortes que qualquer coisa que você diga. Você poderá se tornar o tipo de homem que quer que seu filho venha a ser!" (Steve Biddulph em "Momentos Mágicos com seus filhos").


E para finalizar com um "clichezão" (rsrsrs)... "Não basta ser pai.... tem que participar!!"





Eu indico!! Sou fã de Steve Biddulph! Adoro seus livros:

- Criando Meninos
- Momentos Mágicos com seus filhos

-
O segredo das crianças felizes


Todos da Editora Fundamento.* "Encontrando um homem a quem imitar: se não houver um pai por perto, a criança precisa encontrar um substituto - na escola, por exemplo" (Steve Biddulph em "Criando Meninos").

Jamile por Jamile: Sou super mãe. Não sou super herói, mas sou super mãe. Super dedicada, super entusiasmada, super apaixonada, super esforçada, super cansada, super normal. Sou também super interessada em aprender a ser mãe. Talvez só consiga quando meus filhos estiverem crescidos.

Assim como a Jamile, você também pode participar deste espaço como colaboradora, envie um email para recantodasmamaes@yahoo.com.br
Equipe Recanto
 

VEJA MAIS POSTAGENS

18 comentários

  1. Ai, confesso que chorei ¬¬ rsrsrsrs sou manteguinha derretida com essas mensagens, acho super importante a presença do pai, as vezes o meu marido reclama que o liam é bem mais apegado, mas ele so tem 4 meses e a hora dele vai chegar, a hora dos homens!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei muito emocionada com o video! E não vejo a hora de ver o meu filho assim tão cúmplice com o pai. Lindo demais!!

    ResponderExcluir
  3. Jamile, também sou mãe de um menino, ouço minhas amigas falando deste momento do desapego com a mãe... ui, não vai ser fácil...rs
    Gostei muito do seu texto e os livros que você indicou.
    um beijo

    ResponderExcluir
  4. Jamile, que ótimo o teu texto.
    O vídeo é muito emocionante, amei.
    Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  5. Eu sou mãe de menina. Mas, já ouvi mães de meninos contarem suas experiências. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Sou mãe de menina e menino. E acho o máximo.
    Bju

    ResponderExcluir
  7. sinceramente não qro pensar nisso ainda não...rsrs meu pequeno completou 6 meses ontem, então deixa eu aproveitar enquanto eu posso, pois da msma forma q 6 meses passaram-se em piscar de olhos, mais 5 anos e meio vão se passar como se fossem alguns dias rrs
    bjs

    http://historiadeumamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa q lindo seu poster fiquei emocionada e mechida vou mostrar ao papai *---*

    bjs.

    ResponderExcluir
  9. @Meriene Zamprogno
    Olá Mariene, obrigada pelo seu comentário! Pois avise a seu marido que a hora dele vai chegar e vai ser o maior barato!!

    ResponderExcluir
  10. @Myriam Scotti
    Que bom, Myriam. O vídeo é muito emocionante mesmo!

    ResponderExcluir
  11. @Lauri
    Obrigada, Lauri! Respondi seu comentário lá no blog!! Beijos.

    ResponderExcluir
  12. @Cida Kuntze
    Obrigada, Cida. Tudo de bom pra você também!

    ResponderExcluir
  13. @Renata Diniz
    Que jóia, Renata. Com você será um pouquinho diferente! Beijos.

    ResponderExcluir
  14. @Toninha Ferreira
    Concordo, Toninha! As duas experiências são maravilhosas. Mas eu só tive meninos. Beijos.

    ResponderExcluir
  15. @Michele Camargo
    Curta mesmo, Michele! Mas cada fase traz coisas maravilhosas. Não se preocupe. Beijos.

    ResponderExcluir
  16. @Rhuan Kevin
    Obrigada, Rhuan! Mostre mesmo. É super importante os pais criarem essa consciência.

    ResponderExcluir
  17. Que ótimo texto ... parabéns!

    Sou mamãe de menina mas sei também que será necessário deixar algum dia minha princesa ter esse conhecimento do universo masculino! Assim como acredito que filho menino também tenha que entender um pouco do universo feminino!

    Eu já li "Criando Meninas" e adorei o estilo do livro, no dia que tiver um menino com certeza voltarei a esse post para pegar suas dicas!

    Beijos, Má
    www.monmaternite.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Namile, um ótimo post. Mas todos os filhos precsam ter um tempo a sóis com o pai e com a mãe. Aqui em casa eu pratico muito o tempo individual. Separa um tempinho na semana para estar só comuma filha e a outra fica só como pais e vice-versa.
    E acredito que para menino seja muito importante mesmo esse tempo com o pai.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!