gestação Gravidez

Vamos dormir!?!?

quarta-feira, outubro 23, 2013Mamãe de Salto por Marcella Stelle

Vocês se lembram do salto que a ginasta Dayane dos Santos fazia em suas apresentações de ginástica artística? Então, Sophia com quase seis meses de gestação dava vários “duplo twist carpado” muito melhores que a autora do salto. Nunca vou me esquecer à sensação de quando senti a Sophia se mexer pela primeira vez, parecia um frio na barriga, como aqueles que a gente sente no carro quando estamos em uma velocidade mais alta e passamos por uma grande lombada.

Quando Sophia começou a crescer, o ballet começou a virar judô. O espaço dentro da minha barriga começou a ficar escasso, e era cada vez mais constante o encontro pés/costela. Olha, isso não era muito legal. Eu tinha que fazer um malabarismo com o corpo para que Sophia procurasse outra posição para tirar uma soneca.

Graças a Deus eu não sei o que é enjôo nem azia, mas nos primeiros meses de gestação, eu fiquei bem sensível, chorava vendo um passarinho voar. Minha mãe disse que eu chorava e falava “ninguém me ama, ninguém me quer”. Sono? zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz .... meu Deus, como eu tinha sono! Eu já sou preguiçosa por natureza, mas na gravidez, eu só pensava em dormir. Eu chegava em casa do trabalho lá pelas 19 horas, tomava um lanche, ia para o banho e me deitava quando começava a novela (na época passava “A Favorita”). Eu tinha que deixar a televisão com o “sleep” programado, porque eu não conseguia chegar a metade do capítulo acordada.

Deus foi bem sábio fazendo a mulher grávida sentir sono! Futuras mamães: DURMAM!!! Se puderem, durmam sempre que esse sono vier. Eu sempre tirava um cochilo depois do almoço no consultório da mãe.

Dormir durante a noite era um prazer, várias horas para relaxar. Mas durante a minha gestação, parecia que o sono era mais leve, acordava com facilidade. A única coisa que foi difícil fazer foi deixar de dormir de bruços. No final da gestação, meu médico pediu para eu sempre deitar com o lado esquerdo do corpo para baixo. Eu até tentava, mas daí eu acordava e estava de bruços novamente. No último mês de gestação eu brigava com a cama. Sophia só dorme de barriga para cima!



Aqui vão cinco dicas bem simples e que fazem uma diferença bem grande durante os nove meses de gestação:

1. Coma algo leve antes de dormir, em pequena quantidade, como um copo de leite e uma bolacha. Assim, evita-se acordar com fome no meio da noite;
2. Use roupas largas e confortáveis. Uma boa dica é dormir sem calcinha. Grávida tem excesso de secreção vaginal e a medida evita infecções;
3. Procure dormir oito horas por noite. Faz bem à saúde. E, depois que o bebê nascer, vai ser mais difícil descansar;
4. O ideal é dormir de lado. Prefira o esquerdo, porque nessa posição você não comprime a veia cava e não prejudica a circulação;
5. Três travesseiros fazem toda a diferença. Coloque um sob a cabeça, um abaixo da barriga e outro, mais fino, entre as pernas.

Beijos e comenta, 

Marcella Ruschel Stelle


VEJA MAIS POSTAGENS

1 comentários

  1. Marcelle quando fiquei grávidas, as duas vezes, até os cinco meses, eu só enjoava. Tudo que comia voltava. Dormir, sentir cheiros era uma coisa muito difícil. Na segunda gravidez ainda enfrentei o verão no finalzinho, quase antes dele nascer. Nossa como era difícil. Mas passou e a alegria de ver meu bebê me fez esquecer tudo . Beijocas Cris Chabes

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!