beleza Mamãe Marcella

Cadê a vaidade que estava aqui?!

quarta-feira, novembro 19, 2014Mamãe de Salto por Marcella Stelle

Hoje é dia de voltar a se olhar no espelho e dar aquele UP na auto estima ... vaidade minha filha, cadê você!? Está neste post aqui! 




Olá mamães, tudo bom!? Espero que sim!

Retornando com força, foco e fé total as atividades no amado e querido Recanto das Mamães Blogueiras, afinal, para mim é motivo de orgulho e muita alegria fazer parte desta família =D

Hoje quero conversar com você mulher que há pouco tempo se tornou mãe e, por enquanto só consegue pensar em dormir, comer, descansar, viver e sobreviver a nessa nova etapa da sua vida: ser mãe! Nenhum curso em maternidade, programa de televisão ou livro te contou que não seria tão fácil e que por alguns milésimos de segundos você poderia vir a pensar que não irá aguentar e suportar tudo isso, afinal, uma grande parte da sua vida você viveu como bem quis e entendeu, ou seja, acordava num horário que seu corpo, sua vida, seu desejo precisasse ... podia não gostar de acordar cedo, mas estava conformada que era para ir à escola ou trabalho, agora acordar quando outra pessoa quer já é demais né?!

A maternidade real é bem diferente dos livros, filmes e novelas! Nem sempre o nosso corpo durante a gravidez fica como das atrizes, aqueles que só engordamos a barriga, por exemplo! Chega a ser decepcionante quando a personagem principal tem apenas um aumento de tamanho na barriga, nem tentam dar aquela inchadinha básica e normal do nariz dos últimos dias da gestação.

Após o nascimento a vida da família muda completamente, principalmente a rotina da mãe que precisa ser ajustada as necessidades momentâneas do recém nascido que, vou ter que te contar uma coisa um pouco chata agora, não é estabelecida tão rapidamente! Pois é, seu filho não sai do seu ventre com horário certo para mamar, dormir, chorar – ah é, bebês choram por chorar, sem “motivo”, apenas para puxar um papo, querer um pouco de atenção.

Claro que existem mamães que não sofrem tanta alteração com o corpo, mais ainda desconheço uma mulher que tenha parido e não tenha chegado a exaustão de cansaço no primeiro mês de maternidade e isso também faz com que deixemos de  lado velhos e bons hábitos como um creme corporal, hidratante facial e roupa bacana. Não, não estou pedindo scarpin e vestido longo, mais não precisa se esconder naquela calça de moletom e camiseta masculina, pode se cuidar, faz bem para você e por você!

Falo tudo isso por experiência própria, por isso mudei o nome do meu blog de Mon Maternité para Mamãe de Salto pois, durante pouco mais de dois anos eu me escondi em calças de moletom e camisetas masculinas, as cutículas já cobriam as unhas e a raiz do cabelo não era retocada desde a descoberta da gravidez ... affão, uma coisa pior do que a outra! Um certo dia minha filha precisou levar fotos da família para uma atividade e me perguntou por que eu nunca aparecia nas fotos =/ pois é, ali descobri que ou mudava meu jeito de me ver, me aceitava com todas as mudanças e voltava a ser feliz.

A partir de hoje as quartas feiras irei conversar com você sobre moda, beleza, maquiagem, auto estima, reflexões ... papo de mulher, papo de mãe. Sei que muitas mulheres sofrem com isso e não tem com quem conversar e este será um ótimo lugar!

Ah, vou deixar com vocês um vídeo bem simples com uma ótima maquiagem beeem básica para você que é mamãe e não tem tempo para perder mais não quer fazer feio na foto =)


Beijos e comenta,



Marcella Stelle

VEJA MAIS POSTAGENS

4 comentários

  1. Eu fiquei praticamente os primeiros 3 meses após o nascimento do meu filho usando pijama e roupas largas. Quase nunca saia de casa, me alimentava mal, só vivia morrendo de sono...foi bem difícil...Mas graças a Deus esta fase passou! E agora estou muito feliz e realizada como mãe!!! Pretendo, com toda certeza, ter outros filhos..
    Bjs, adorei o post..
    http://blogdalidianaleite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nos primeiros meses é difícil mesmo...não dava tempo para maquiagem, no máximo um batom, Não usava cremes nem perfumes...Mas passou e tudo voltou ao normal!

    ResponderExcluir
  3. Oi Marcella, eu demeori muito pra retomar os meu hábitos de vaidade. Alías, ainda não consegui fazer com que sejam uma rotina sabe? Faço um dia, não faço outro, etc. Como é difícil né? Mas muito bom que você vai estimular a gente com esses posts.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Má quando o Gui nasceu acabei deixando de lado os brincos, e o baton, a não ser quando iamos passear, mas antes emc asa até pra ir na padaria estava de batom rs, mas logo voltei, marido incentivou e a vizinha tbm
    Bom retorno ;)

    Bjs Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!