Cris Chabes

Férias sim, mas com cuidados

sábado, janeiro 29, 2011Cris Chabes

Adorava a época de férias de verão, quando podia levar meus filhos à praia.
A primeira vez que eles viram o mar, assim como acontece com outras crianças, foi um misto de curiosidade, ansiedade, alegria e medo.
Correr atrás da onda ou correr dela, cair porque fica tonto ou porque se joga na água e que delícia vê-los brincar.
Pra mãe, chega ser cansativo, pois eles não querem ir embora nunca. Eu ficava em pé ou sentada na areia (e olha que eu detesto areia, mas por eles vale tudo).

Mas todo aquele sol nas costas (minhas e deles) exigiam cuidados, só que há 25 anos atrás....
Na época do Marcelo (hoje com 25 anos) não falavam muito em protetor solar ou sobre os efeitos prejudiciais dos raios UV, já na época do Rafael as propagandas de produtos para proteger a pele começam a aparecer, e os mesmos eram caríssimos. Mesmo assim comprávamos e era uma economia danada (somente nas crianças)
Hoje, isso é passado e todas as pessoas (na grande maioria) usam protetor solar. Mesmo os adolescentes. Observo-os na praia!




Neste final de ano fui passar uns dias no litoral e meus filhos estiveram lá com os amigos. Um deles achou que porque o tempo estava encoberto não haveria problemas e à noite não podia nem sentar direito.
Mesmo na cidade, no parque, quando fazemos uma caminhada, levamos as crianças para andar de bicicleta na rua, essa prática não pode ser esquecida.
É importante não esquecer de
• Beber água ou líquidos várias vezes ao dia (manter-se hidratado)
• Comer alimentos saudáveis e não gordurosos
• Usar protetor ( não esquecer de repassar a cada duas horas) e boné
• Usar roupas leves e confortáveis
• Ficar atento aos horários em que os raios do sol são menos prejudiciais a pelo (até as 10:00 hs e após as 16:00 hs)
• Ao menor sinal de queimadura solar procurar serviço médico para orientações
No mais, boas férias !!
Beijocas
Cris Chabes

VEJA MAIS POSTAGENS

2 comentários

  1. Oi Cris, tudo bom querida!
    Eu também tomo esses cuidados, apezar que temos ido pouco a praia, e olha que moramos num lugar onde tem belíssimas praias, mas nessa época é muito congestionamento pra chegar até elas.
    Mas quando vamos, já nos arrumamos cedinho, pra chegar antes do sol forte e saímos cedo também.
    Gostei das dicas amiga.
    Beijinhos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. É importante levar um bracelete de identificação que seja resistente à água, que não rasgue e que tenha um visual atrativo para a criança aceitar usá-lo. O custo é muito baixo e a sensação que ficamos quando perdemos nossos filhos de vista, melhor não lembrarmos... Para resolver isso, acesse: www.braceletedeseguranca.com

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!