Adolescência Cris Chabes

Os amigos na adolescência!

terça-feira, novembro 13, 2012Cris Chabes

Enquanto nossos filhos são pequenos, seus amigos, são os filhos dos vizinhos, os coleguinhas da escola, primos e filhos dos nossos amigos. E normalmente nós conhecemos todos, levamos para uma viagem, deixamos que durmam em nossas casas, etc. Mas quando nossos filhos chegam a adolescência não conseguimos conhecer todos seus amigos. São grupos de rapazes e moças que acabam por se formar na escola ou nos cursos extracurriculares e incluem-se nesses grupos os "amigos dos amigos".



imagem do google
Embora seja natural a preocupação dos pais com a intensa vinculação dos filhos aos amigos, isto não significa necessariamente que possam surgir situações de risco ou comportamentos agressivos e anti-sociais. Os jovens só estão em busca da própria identidade. 


Eles já estão seguros de que seus pais os apoiaram em todos os momentos, e agora precisam sentir essa segurança nas situações sociais fora de casa: festinhas, trabalhos escolares, viagens e passeios escolares.


É claro que as atividades em grupo podem ser mais liberais e ousadas, mas dependerá sempre do indivíduo que nelas participa saber até onde devem poder ir. Essa consciência eles adquiriram em casa. Nesta fase, como ocorreu nos primeiros anos de vida, a busca de limites é necessária, assim como é imprescindível que os pais estabeleçam de forma clara quais são esses limites, então dizer NÃO faz parte desta fase também.
imagens do google

Nesta busca de identidade é frequente o jovem apresentar várias transformações, mostrando-se diferente em relação aos pais e principalmente face a pessoas do seu convívio. 

É por isso que observamos tantos grupos com um vestuário próprio que refletem sua linguagem e seu pensamento no momento. As meninas e meninos copiam os modelos dos ídolos. Bonés  cortes de cabelo, roupas, acessórios, etc. 

imagem do google
O jovem busca modelos para tentar moldar as suas próprias características. Neste sentido, assumem grande importância o papel dos ídolos, que vão modificando-se conforme a evolução do processo de adolescência.
É preciso paciência e companheirismo dos pais e familiares neste momento, pois essa fase é rápida, mas muito importante para a construção da identidade social dos nossos filhos.

Como sempre podemos dizer que a família é a força mais importante em todas as fases do crescimento dos nossos filhos e portanto devemos estar sempre ao lado deles. 

Beijocas
Cris Chabes

No próximo post falaremos sobre "Minha primeira balada" sem os pais.

VEJA MAIS POSTAGENS

9 comentários

  1. Cris querida, super importante a abordagem dos temas sobre a adolescência.
    Eu oro ao Senhor sempre sobre as amizades atuais da minha filha e das que ela terá na adolescência e juventude.
    Peço que Deus a ajude escolher bem os seus amigos, que os que não forem pessoas do bem, que Ele mostre, afaste, enfim... sempre oro.
    Minha mãe sempre dizia que era grata a Deus pelas minhas amizades. Ela também sempre orava por isso. E eu tive amizades maravilhosas e tenho ainda.
    Claro que tem aquelas que vem e vão, mas tem as verdadeiras, que permanecem!
    Beijos querida e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  2. Cris gostei muito do assunto. Eu mesma tenho um adolescente e nunca me referi à ele como aborrescente, como falam aí fora. Graças à Deus nunca tive problemas até por que da forma que eu o oriento tenho certeza no que plantei. Sempre respeitei sua individualidade, ensinando porém que tudo na vida tem disciplinas e regras à cumprirem e acima de tudo tratar bem as pessoas,mas saber escolher suas amizades, por que infelizmente o mundo está cheio de pessoas com más intenções.Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Nossa tenho mto medo desta fase, temos que acompanhar de perto e ao mesmo tempo tentar não sufocar pois eles estão muito sensíveis e rebeldes, adorei a abordagem do tema...bjsss

    ResponderExcluir
  4. Eu tmbém tenho medo só de pensar nessa fase da vida deles.. meu Deus tanta coisa ruim que acontece que agente fica pensando onde isso vai parar... Tema muito importante!!!

    bjss

    Sorteio no Blog dia 15/11 inscrições até às 18h
    http://historiadeumamae.blogspot.com.br/2012/10/1-sorteio-do-blog.html

    ResponderExcluir
  5. ai ai como eles crecem rápido.
    Temos que ficar atentas a tudo mais não sufoca-los
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Ai nem quero pensar nesta fase... difícil deixarmos segui-los sozinhos, novas amizades, novos horizontes, vamos refletir e q o Senhor nos ajude quando chegar esse momento, bjss
    http://cphilene.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Cris, estou gostando muito da sua série de posts sobre a adolescência, tem esclarecido muitos pontos. Na minha opinião é a fase mais importante da vida de uma pessoa, que eu tenha muita sabedoria como mãe quando chegar a vez do Dani.
    um beijo

    ResponderExcluir
  8. Cris, eu sempre tive um família bem legal e que me ofereceu muito suporte. Digo hj que fui uma adolescente segura dos meus atos. E que sabia as consequencias deles.
    Quero, muito passar isso pro meu filho tbm, parece que está longe, mas num piscar de olhos vou ter um exemplar em casa.
    Claro que os fatores externos, a sociedade em geral vai estar bem diferente daqui há 10 anos, mas espero que consigamos resolver tudo na base da confiança.

    p.s.: enquanto isso, meus planos serão achar lindo e muito maneiro todas essas modas "trashes" que me aparecerem, porque né? Adolescente adora contrariar os pais! hahahah

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. É isso mesmo meninas
    Queremos que nossos filhos passem por uma adolescência saudável e sem problemas, mas não podemos nos esquecer que as dificuldades nos faz crescer e com certeza, nós pais, estaremos ao lado deles sempre.
    Já passei por essa fase e digo sempre aos meus amigos: "Oração e Paciência são ótimos remédios, de resto estejam sempre por perto com uma palavra de amizade e carinho"
    Tudo dará certo
    Torço por voces
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!