Mamãe Andréia

Chegou a hora do POR QUE

terça-feira, março 12, 2013Andreia Sales



Olá Mamães,

Essa ultima semana fomos surpreendidos por algumas interrogações que vieram do Samuel no seus 2 anos e 3 meses.

Mamãe Diz: Samuel não pode mecher na cozinha.
Samuel Diz: Por que?

Mamãe Diz: Samuel tem que comer tudo.
Samuel Diz: Por que?

Como assim ??? Achei que ainda seria um pouco cedo para tal indagações.

Acho que essas perguntas podem vir do desenho animado Super Why traduzido para Super Leitores que passa no canal Discory Kids.

Nossas crianças estão crescendo e se desenvolvendo muito velozmente e na era da informação. Temos que ficar atentas e dar o melhor para eles.

Por volta dos três e quatro anos de idade a criança desperta para a curiosidade de entender como as coisas acontecem.

Isso ocorre devido à construção da própria identidade, que acontece na infância, quando a criança passa a se descobrir, a ter noção do próprio “Eu”, da importância de sua existência, das coisas que consegue fazer, que vê ou que ouve.

A partir dessa descoberta, passa a perceber os fatos ao seu redor dando maior ênfase a como tudo acontece, ou seja, os porquês referentes à esses. Muitas vezes as crianças nos questionam repetidamente e emendam um porquê atrás do outro.

É importante que as pessoas em contato direto com a mesma devem ter paciência e respeito quanto às curiosidades do pequeno, ajudando-o a esclarecer suas dúvidas.

Essa curiosidade, a busca da compreensão do mundo é que a levará a fazer novas descobertas, aguçando sua percepção para o aprender.

Se a criança é tolhida pelo adulto, no momento em que faz perguntas, poderá perder o interesse, a vontade de descobrir coisas novas, ficando paralisada no seu processo de aprendizagem por medo ou insegurança.

Uma boa forma de amenizar as perguntas é devolvê-las para que a própria criança tente explicar, ou utilizá-las em momentos que esta não queira obedecer. Quando diz que não quer comer a mãe poderá perguntar-lhe o porquê, se não quer tomar banho poderá também utilizar uma pergunta e, assim, mostrar que nem tudo pode acontecer da forma como ela deseja.

E à medida que for compreendendo o mundo que a cerca deixará de questionar sobre as coisas do cotidiano.

Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
Equipe Brasil Escola

Esse foi meu recado de hoje.






VEJA MAIS POSTAGENS

8 comentários

  1. Adorei o post!!!!
    Não vejo a hora do meu bb ccomeçar a me perguntar as coisas...
    #ansiosa!!!

    BjoooO

    Doida por Esmaltes

    ResponderExcluir
  2. Oi Andreia, essa fase dos Por ques é uma delícia, mas algumas vezes cansativa porque em algumas situações acabamos ficando sem resposta. É muito importante ter paciência e estimular esse despertar da curiosidade e a busca pelas respostas.
    Ótimo post.
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  3. As meninas já estão com quase 7 anos e ainda as fases do "porque". Mas passa, cada fase é um aprendizado novo, cabe a nós mães ensinar e explicar de forma clara, de forma que eles compreendam bem.
    beijos
    maede4princesas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Andreia post muito bom, mas ao contrário da Viviane, não tenho a menor pressa para começar essa fase do porque, já pensou 3 coisas lindas perguntando sobre tudo affi. Mas tenho certeza que quando chegar essa fase ainda vou dar boas gargalhadas.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Andréia essa fase, agora que já passou a minha, rsrsrsr , é muito engraçada.
    Não sabemos se eles sabem ou só perguntam por perguntar. Eles são tão espertos!
    Queria ver a carinha do Samuel e a sua
    Cuidado as perguntas só vão complicar
    Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir
  6. ah esse por que me irritou muito
    até ano passado, mais ensinei
    acho que aprendeu nunca mais
    ouvi mais por que ????

    linda noite bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ótimo post! Aqui em casa tbém rola esse desenho direto mas a Isabela ainda não está nessa fase não. Mas pelo jeito devo me preparar logo pra ela né? rsrsr bjs Camila Vaz

    ResponderExcluir
  8. Usar, como se diz, a psicologia reversa, fazendo perguntas para estimula-los funciona sempre e dá a criança um sentido de victória. Eu também já passei a fase dos constantes porquês com meninos de 8 e 6 anos, mas ontem a menina de 6 anitos fez um que no fim das minhas perguntas ela acabou dançando na cozinha aos gritos a dizer que era muito inteligente. Ela mesma tinha a resposta, o que não possa ser o caso de meninos mais novos.
    Eles crescem rápido sim, mas também é verdade que entre nós há una géniozitos que podem começar qualquer etapa uns passos mais avançados que a maioria. Cansativa ou não é uma fase de aprendizado par eles e para nós, pois algumas de nós acaba por fazer pesquisas para encontrar formas mais fáceis, quiçá mais apropriadas, para respondermos as perguntas na idade em que eles estão.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar, ficamos felizes!